5 flores de jardim que florescem o ano todo. Conheça!

5 flores de jardim que florescem o ano todo. Conheça!

Flores de jardim: Cosmos

Quem não adora um quintal cheio de vida e de cor? Descubra a seguir 5 flores de jardim que prometem florir o ano todo em diferentes regiões do país.

Quem não adoraria acordar todas as manhãs e se deparar com um quintal cheio de plantas diferentes, repleto de vida e de cor? Pois saiba que isso, sim, é possível! Sejam em vasos ou em canteiros, você também pode garantir uma florada durante o ano inteiro – desde que se saiba como cuidar. Por isso, descubra a seguir quais são as 5 melhores flores de jardim e saiba mais sobre seus cuidados.

1. Roseiras

Flores de jardim: Roseira

Famosas e imprescindíveis para o Dia dos Namorados, as roseiras são flores de jardim extremamente versáteis e flexíveis. A gama de espécies é diversa, cada uma para um gosto diferente. Entre elas, por exemplo, estão as trepadeiras, as arbustivas, as rosas-rugosas, as de canteiro e também as roseiras-bravas.

Cada uma delas tem uma exigência diferente, em preferências de clima e época de germinação. Entretanto, pode-se dizer que todas adoram ser expostas à luz solar direta, além de não gostarem de acúmulos de água em excesso. Também vale ressaltar que a poda deve acontecer anualmente, retirando galhos mal formados e folhas doentes, para estimular o crescimento de novos brotos.

Veja também:

+ Saiba como criar um belo arranjo de flores de forma fácil e barata

+ Dia dos Namorados: como fazer uma decoração especial para passar o dia em casa com seu amor

+ Faça você mesmo: vaso de flores de garrafa de plástico. Fácil, rápido e sem gastar nada!

2. Cosmos

Flores de jardim: Cosmos

As cosmos são plantas resistentes e altamente adaptáveis às condições do solo – até mesmo aos mais pobres. Superfáceis de cultivar em casa, elas tendem a apreciar climas mais quentes e preferem ser expostas à luz direta, resilientes a inclusive curtos períodos de seca. Porém, ela também pode se beneficiar muito de um solo rico em matéria orgânica, além de regas moderadas para garantir seu desenvolvimento.

Recomenda-se cultivá-la próxima a muros e cercas e diversificar nas opções de tonalidades, sejam elas laranjas, brancas, violetas ou rosas, por exemplo. Assim, você poderá criar uma composição cheia de alegria e vivacidade, perfeita para ter um jardim colorido o ano inteiro.

3. Petúnias

Flores de jardim: Petúnias

Apesar de florescerem geralmente durante o verão, dependendo da região do Brasil, elas são capazes de darem flores o ano todo. Na verdade, tudo o que ela precisa é apenas de um solo bem drenado, fértil e de exposição constante ao sol.

Elas ficam perfeitas penduradas em vasos suspensos, devido a seu efeito cascata colorido. Mas também podem ser plantadas em quintais ou canteiros.

4. Onze-horas

Onze-horas

De aparência delicada e graciosa, as onze-horas podem ser uma ótima aposta. Elas são plantas rasteiras, que vão se espalhando, de pouco em pouco, ao longo de todo o canteiro. Entretanto, você também pode cultivá-las em vasos, no estilo bacia, para decorar tanto o seu quintal quanto o interior da sua casa.

Sejam elas amarelas, brancas, rosas, vermelhas ou até mesmo em tons mesclados, as onze-horas tendem a preferir solos bem adubados, especialmente em matéria orgânica e fósforo.

Elas dão flores principalmente durante o verão e a primavera. Porém,  também podem ser superadaptáveis aos climas mais frios do país. Moleza, né?

Veja também:

+ As plantas dão muito trabalho? Flores secas podem ser a solução! Inspire-se nesses 10 arranjos

+ 4 dicas para transformar seu jardim em um refúgio para a família

+ Jizza: cabana japonesa de 100 m² promete luxo em acampamento na floresta

5. Rosas do deserto

Rosa do deserto

Apesar do nome errôneo, a rosa do deserto, pasmem, não é uma rosa! Entretanto, é inegável que ambas as suas belezas são equiparáveis.

Essas flores podem ser encontradas em diversos formatos e uma gama de tonalidades variada, como branco, rosa, lilás, vermelho, vinho, além de exemplares exóticos da cor preta.

Rosas do deserto preferem temperaturas mais elevadas, afinal, são originárias do continente africano, e exigem podas constantes. Quando ela atingir entre 10 e 15 centímetros de altura, primeiramente, retire as folhas secas. Depois, faça um corte no caule central da planta com uma lâmina afiada e, por fim, cicatrize local da poda com própolis ou canela.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site www.decorstyle.ig.com.br

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada







arrow