6 maneiras de detectar um lugar vazio e aproveitar o máximo do seu potencial -

6 maneiras de detectar um lugar vazio e aproveitar o máximo do seu potencial

Como aproveitar vãos e vigas aparentes. Crédito: Foto: Max Vakhtbovych

Quando você entra em um cômodo vazio, o que você nota? Talvez seja tetos altos, luz natural incrível ou madeira original deslumbrante. Algumas pessoas têm o dom não apenas de ver essas coisas, mas de descobrir o potencial de transformar uma tela em branco em um espaço perfeitamente projetado.

Esse espaço vazio pode se transformar em embutidos ou vigas expansivas em um cômodo simples, ou pode significar olhar para as peculiaridades de uma casa e perceber que, em vez de obstáculos a serem superados, eles são, na verdade, elementos de design a serem abraçados.

Como aproveitar vãos e vigas aparentes. Crédito: Foto: Max Vakhtbovych
Como aproveitar vãos e vigas aparentes. Crédito: Foto: Max Vakhtbovych

Quer melhorar sua própria capacidade de dar vida a um espaço vazio? É assim que seis especialistas em DIY e design identificam o potencial:

1. Imagine o fluxo do dia a dia.

Quer estejam trabalhando em sua própria casa ou lidando com projetos para outras pessoas, Danielle Kyle e seu marido, Jeron, a dupla por trás de Danielle Kyle Design e Kyle Build, nos Estados Unidos, sempre olham primeiro para a funcionalidade em um espaço. Um grande espaço é tão bom quanto a vida que ocorre dentro de suas paredes. “O que realmente importa é pensar em viver dentro do espaço”, diz Kyle. “Fazemo-nos perguntas como onde queremos sentar-nos com a nossa caneca de café matinal e onde os amigos se reuniriam para uma boa conversa.” 

Veja também:

Só então eles voltam sua atenção para os detalhes dignos do Instagram. “Nós olhamos para cada espaço de diferentes ângulos até sermos capazes de identificar os pontos fortes estéticos e estruturais do cômodo. Janelas panorâmicas, embutidos exclusivos e arcos existentes são todos uma vantagem imediata, mas devem funcionar com o que a casa já tem a oferecer”, diz ela.

2. Fique de olho nas características arquitetônicas para mostrar.

Stephanie Watkins, da Casa Watkins Living, um blog e conta do Instagram inspirado globalmente, cria espaços boêmios e incrivelmente exuberantes, então ela sempre busca características arquitetônicas que se transformem em vinhetas lindamente estilizadas. Boa luz natural e pontos surpreendentes são essenciais.

Watkins diz: “Embora eu acredite que qualquer espaço pode ser transformado em uma bela criação, sou uma grande fã de grandes janelas/portas francesas para grandes plantas, além de algum tipo de recurso arquitetônico que poderia ser uma saliência, arco, ou um recanto. Esses tipos de detalhes têm um grande potencial para um recurso interessante em um espaço.”

3. Visualize o potencial sem mobília para analisar profundamente.

Para Kera Jeffers, blogueira e designer de interiores da Haute House Love, um espaço vazio é na verdade uma oportunidade incrível de visualizar o verdadeiro potencial de um cômodo. Algumas pessoas precisam ver a mobília para imaginar uma sala como funcional, mas ela agradece a oportunidade de deixar sua imaginação preencher o vazio.

Quando ela olha para qualquer espaço vazio, é quando ela pode usar ideias de design e DIY. “Para o meu cérebro de design maluco, sempre posso ver o maior potencial em um espaço vazio, porque não há móveis para obscurecer o julgamento. Para mim, ver o potencial tem menos a ver com elementos específicos e mais a ver com ser capaz de exercitar a parte do cérebro que pode sonhar grande.”

4. Veja o espaço da parede e da janela como uma tela em branco.

Megan Duncan, do The Minted Vintage, adora adicionar detalhes DIY para dar personalidade e charme à sua casa recém-construída, então ela procura oportunidades em um espaço vazio enquanto o trata como uma tela em branco. Uma sala simples está apenas esperando por acabamentos, molduras e outras adições embutidas para enfeitá-la.

Duncan diz: “Ao procurar potencial em um espaço vazio, eu olho onde um armário embutido ou prateleiras podem ser adicionados para armazenamento e estilo ou um tratamento de parede como tábua e ripa pode ser instalado. Em seguida, imagino como decorar as janelas com enfeites personalizados. Mesmo as pequenas janelas parecerão maiores com um pequeno detalhe extra.”

Veja também:

Quando seus sonhos DIY ficam ainda mais ambiciosos, ela olha para cima para ver se há espaço para adicionar recursos de teto que podem ajudar a tornar o espaço mais íntimo e único. “Adoro adicionar elementos de madeira em todo o espaço, por isso recursos como aberturas, vãos e altura do teto são os próximos na minha lista. Envolver uma abertura com acabamento e instalar vigas falsas no teto pode realmente tornar um espaço ainda mais aconchegante. ”

5. Aceite as peculiaridades e a localidade como elementos de design.

A designer Sarah Glenn está em sua terceira casa cheia de renovações DIY e ela é uma especialista em procurar elementos únicos e peculiares para abraçar em vez de esconder. Em sua casa atual, ela viu a chance de pegar um teto de águas-furtadas – um elemento do qual alguns podem fugir – e transformá-lo em uma aconchegante casa na árvore para o quarto de seu filho.

Refletindo sobre o projeto, Glenn diz: “Adoro procurar algo peculiar para destacar em um espaço, especialmente de uma forma que conecte o ambiente à sensação de lugar ao seu redor. O berçário do meu filho tem pé-direito de 2,10 metros e uma trapeira com vista para um dossel de árvores em nosso quintal. O espaço tem um aconchego natural e me lembra uma casa na árvore. Eu abracei essa sensação pintando o quarto de verde escuro, camadas em tons de azul através de tecidos e arte e incorporando materiais naturais com um tapete de lã vintage, cadeira de balanço de couro e uma cômoda de pinho antigo.”

6. Reconheça as características únicas.

Erin Spain, uma blogueira faça-você-mesmo com um talento especial para transformar quartos básicos em espaços iluminados e estilizados, sabe que não precisa haver nada grandioso ou sofisticado para completar uma reforma impressionante. Ossos bons e únicos podem ser tão simples quanto janelas bem colocadas ou molduras clássicas.

“Às vezes é a escala do espaço ou detalhes arquitetônicos, como moldagem; às vezes é o layout ou a quantidade de luz natural que recebe ”, diz Spain. “Cada espaço é único, então tento imaginar o que ele poderia se tornar com base em quaisquer ativos que já possua.”

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada







arrow