A maior planta do mundo está na Austrália e é uma alga marinha. Conheça! -

A maior planta do mundo está na Austrália e é uma alga marinha. Conheça!

Maior planta do mundo é encontrada na Austrália. Foto: Rachel Austin

A maior planta do mundo tem 170 km de comprimento – cientistas revelam a história por trás dela. A alga marinha Posidonia australisis na Austrália Ocidental tem quase 4.500 anos.

Se você pretende cuidar de sua suculenta em sua casa, provavelmente tem suas próprias técnicas para mantê-las lindas e saudáveis. Mas, no mundo, existem plantas que se autossustentam – e até crescem dezenas de milhares de metros de comprimento, como essa alga marinha.

+ 15 jardins inacreditáveis de suculentas para você ter dentro de casa

+ Cerejeira: dicas para plantar e cuidar dessa árvore encantadora

+ Esta ferramenta de jardinagem parece boba, mas está bombando no TikTok

Maior planta do mundo é encontrada na Austrália. Foto: Rachel Austin
Maior planta do mundo é encontrada na Austrália. Foto: Rachel Austin

É o caso da Posidonia australis, que os cientistas compartilharam pesquisas recentes no The Conversation e descobriram que esta alga marinha, que tem uma aparência de fita verde debaixo d’água, se estende por mais de 170 quilômetros na Austrália Ocidental.

Os cientistas explicam

Os pesquisadores explicaram que os campos de algas marinhas crescem por reprodução sexual. Ou seja, cria mais combinações genéticas e diversidade e também expandindo seus rizomas (caules onde raízes e brotos emergem sob o solo).

A Posidonia australis é uma planta na área de Shark Bay, na Austrália, e mede exatamente 177 km. Os cientistas descobriram que a alga marinha foi criada a partir de uma muda colonizadora, tornando-a a maior planta do mundo.

Além disso, essa planta é especial pelo tamanho e pela quantidade de cromossomos que possui (quase o dobro de qualquer outra semelhante a ela), que os pesquisadores chamam de poliploide, como bananas e batatas. 

Vista de cima das algas marinhas de Shark Bay. Foto: Angela Rossen
Vista de cima das algas marinhas de Shark Bay. Foto: Angela Rossen

Poliplóides, como esta alga marinha, são famosos por continuar crescendo se não forem podados. A Posidonia australis data de 4.500 anos para ser exato, de acordo com os cientistas, por causa de enorme tamanho e taxa de crescimento.

Por fim, a planta manteve seu crescimento, independentemente das condições, pois passou por mudanças na temperatura da água, variando de 16 a 30 graus Celsius ao longo dos anos, e níveis variados de sal. No geral, as algas marinhas são úteis para proteger a vida selvagem e as costas dos danos causados ​​pelas tempestades. Então, ao preservar este prado e outros semelhantes, os habitats naturais e a diversidade de organismos em nossos ambientes continuarão a prosperar.

Quer saber mais sobre plantas? Confira em nossas matérias:

+ Esta planta pode estar arruinando seu sono. Tire o cacto do quarto já!

+ 10 plantas que você deve manter no seu quarto para dormir melhor

+ Tudo o que você precisa saber para cuidar de violetas






arrow