Acredite: a casa à direita tem 350 m² e é inspirada em um animal

Acredite: a casa à direita tem 350 m² e é inspirada em um animal

Inspirada no movimento de abre-fecha das asas da borboleta e em suas formas orgânicas, essa casa toda recortada parece até uma minicasa, dependendo do ângulo que você a vê. Mas, na verdade, o projeto do escritório Valerie Schweitzer tem 350 m² e reúne um estúdio de arte e um espaço reservado para a família viver.

Casa é uma pirâmide invertida e você não vai imaginar o motivo; saiba o porquê
Casa inusitada ganha formato inédito com containers empilhados
As novas casas móveis do mundo moderno
As casas mais extraordinárias do mundo: Netflix exibe série de arquitetura da BBC no Brasil

A estrutura é toda feita em madeira, vidro e aço. Localizado em Westport, Connecticut (EUA), propicia um verdadeiro refúgio e muita privacidade, apesar dos muitos vidros. Isso porque as janelas são estreitas e bem altas. Pelos vidros do teto, é possível ver o céu o tempo todo.

A posição das janelas é estratégica para permitir ventilação e aproveitar a brisa da ilha. A iluminação natural é abundante por conta dos vidros, que são isolados termicamente. Ainda, o piso de concreto é aquecido.

Projeto da casa

Veja também

+ Mudaram as regras para compra de carro para PCD; veja como ficou

+ Carol Nakamura compartilha projeto de sua mansão de R$ 2 milhões; veja

+ 20 passos simples para dar uma cara nova para sua casa

+ Você acha Gracyanne Barbosa sarada? É quer nunca viu a médica Chinesa Yuan Herong

+ Relógio de R$ 3 milhões de Faustão é inspirado em supercarro da Bugatti; veja

+ Dicas fáceis de como limpar panela queimada

+ Enio Mainardi, publicitário e pai de Diogo Mainardi, morre de covid-19

+ Quarto feminino: 6 dicas que você precisa saber antes de planejar o seu

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo




arrow