Seja através de uma adega ou um espacinho para o bar, essa é uma forma de estar sempre pronto para receber as visitas e, ainda, garantir um toque de personalidade no décor.

“A escolha por uma adega ou simplesmente um cantinho do bar vai de acordo com as preferências de quem mora. Um enófilo com uma coleção mais extensa de rótulos, por exemplo, vai optar por uma adega, tendo em seu projeto todos os requisitos necessários para a manutenção de seus vinhos”, indica a arquiteta Ieda Korman. Agora, para aqueles que gostam de reunir amigos ou que olham para a casa como um local de ponto de encontro, o bar pode ser uma solução simplificada.