Apartamento garden: saiba mais sobre essa tendência que vibra natureza no décor -

Apartamento garden: saiba mais sobre essa tendência que vibra natureza no décor

Levando luz para a sala, a área do projeto assinado pela arquiteta Carina Dal Fabbro é revestida de plantinhas que propiciam um efeito único ao décor e ainda aumentam a qualidade de vida dos moradores. | Foto: Rafael Renzo

Unir o conforto e o quintal amplo de uma casa com a segurança, privacidade e praticidade que os apartamentos proporcionam em um mesmo imóvel pode parecer um sonho impossível. Mas você sabia que estas e outras inúmeras vantagens podem se tornar realidade graças aos apartamentos gardens?

Atraindo a atenção de famílias com filhos e animais de estimação, o apartamento garden (aquele com ar de casa), localizado no térreo ou primeiro andar, virou queridinho para quem busca um espaço de convivência e lazer para chamar de seu.

Levando luz para a sala, a área do projeto assinado pela arquiteta Carina Dal Fabbro é revestida de plantinhas que propiciam um efeito único ao décor e ainda aumentam a qualidade de vida dos moradores. | Foto: Rafael Renzo
Levando luz para a sala, a área do projeto assinado pela arquiteta Carina Dal Fabbro é revestida de plantinhas que propiciam um efeito único ao décor e ainda aumentam a qualidade de vida dos moradores. | Foto: Rafael Renzo

“Este conceito de moradia lembra muito uma casa, o que o torna mais aconchegante até mesmo para receber visitas, por exemplo. Por isso, geralmente, costumamos colocar nessas áreas churrasqueiras, piscinas e até mesmo aparelhos de ginástica”, conta a arquiteta Carina Dal Fabbro. Além disso, as unidades com jardim privativo viabilizam pequenos eventos sem medo da falta de espaço. “Com o apartamento garden não é preciso alugar outros locais ou ficar preocupados com a agenda de salões de festas do condomínio”, complementa Carina.

O refúgio litorâneo da família conta com espreguiçadeiras dispostas no deck de madeira, executado sobre o piso existente, e proporciona momentos únicos de relaxamento ao ar livre! | Foto: Rafael Renzo

Para inspirar quem busca por soluções como essa, Carina apresenta este projeto de 180 m². Localizado na Riviera de São Lourenço, litoral paulista, a família buscou um refúgio e, após uma repaginação no décor, encontrou no apartamento garden soluções práticas para os períodos em que passam finais de semana, feriados e férias na praia. “O fato de o apartamento ser térreo foi visto como uma vantagem pela moradora, já que não precisaria usar o elevador ao voltar da praia”, conta a arquiteta. Os moradores chegam e já encontram um chuveiro no quintal, não precisando subir os andares molhados e com vestígios de areia enquanto carregam as pranchas de surfe.

Veja também:

No espaço externo, foi criada uma área de convivência, com deque de madeira, espreguiçadeiras e piscina. Há também um jardim vertical que delimita a área da unidade, churrasqueira e suporte para pranchas e bicicletas.

Com área social integrada, o apartamento recebeu uma dose extra de iluminação natural graças a grande porta que leva os moradores para a área externa | Foto: Rafael Renzo

Para montar o refúgio perfeito, a arquiteta contou com duas desafiadoras missões: manter o orçamento enxuto e fazer uma obra rápida. Como o apê já contava com revestimentos bonitos e resistentes, não foi preciso se preocupar com aquele quebra-quebra de obra e Carina debruçou-se em prover soluções mais práticas. “Investimos na pintura e elegemos móveis fáceis de limpar, quase todos comprados na região litorânea. A maior modificação do projeto foi a parede de tijolinhos brancos na sala, que conferiu um ar mais despojado aos interiores”, comenta Carina. A arquiteta ainda reforça que o ar fluído e despojado do ambiente é uma das principais características do apartamento garden.

Toques de azul e referências ao universo praiano compõem a decoração | Foto: Rafael Renzo

Para conquistar a atmosfera praiana que os moradores ansiavam, a arquiteta investiu em móveis de materiais naturais, como madeira e palha, que dialogam com os acabamentos da sala e da cozinha. Em seguida, salpicou vários tons de azul pelo décor. “A cor aparece nos quadros, nos objetos, nos estofados e no rack da sala para reforçar o clima náutico e a paixão pelo oceano”, destaca a profissional.

O efeito rústico da parede de tijolinhos e o rack azul trazem modernidade para o espaço. As plantinhas apoiadas no rack, na prateleira acima da TV | Foto: Rafael Renzo

Para estar em harmonia com o mood de relaxamento que a área externa possui, as escolhas para o estar, que é todo integrado com o social, foram norteadas pelo desejo de um ambiente confortável para os moradores relaxarem em frente à TV após um dia de praia. Por isso, o projeto se pautou em escolhas assertivas dos móveis e texturas que, utilizadas juntas, propiciam esse clima tão esperado. A cortina foi eleita para resguardar o ambiente e separar a área de estar do jardim.

Para a sala de jantar, a mesa redonda com tampo branco e base em madeira que harmonizou super bem com as cadeiras. Com modelos diferentes, elas também seguem o mesmo padrão de branco e amadeirado | Foto: Rafael Renzo

O espaço amplo e livre de paredes permite que os moradores transitem entre a cozinha e a sala de jantar sem deixar de lado as conversas animadas sobre o dia que passaram na praia enquanto preparam as refeições. “Esta é, sem dúvidas, uma casa onde todos os espaços são voltados para a convivência e celebrações em família”, explica Carina.

Veja também:
Estendendo o clima ensolarado por toda a casa, os quartos também tem saída para área externa. | Foto: Rafael Renzo

“Para o quarto do casal, seguimos a premissa que adotamos em todo o apartamento: soluções simples, mas com toques expressivos de personalidade”, detalha a arquiteta. Com a pintura em tons claros e a vista privilegiada para o jardim, o dormitório emana um clima relaxante e ficou ainda mais aconchegante ao receber a instalação do lambri como cabeceira.

Com a prancha de surf pendurada na parede, o quarto instantaneamente ganhou uma jovialidade única e deixou evidente a paixão do jovem proprietário pelo mar | Foto: Rafael Renzo

Por fim, Carina traz uma dica para quem se sentir incomodado com a vista que os apartamentos superiores têm da área do Garden. “Temos sentido uma mudança nas pessoas em relação a querer ficar mais em áreas externas e em contato com o verde, mas ainda tem receio com a exposição vinda de outros apartamentos. Nesses casos, recomendamos a instalação de um pergolado de madeira, que quebra essa visão ainda protege do sol”, finaliza Carina.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br






arrow