Automação residencial? Conheça 7 benefícios que você deve considerar para uma casa inteligente -

Automação residencial? Conheça 7 benefícios que você deve considerar para uma casa inteligente

Luzes, TV e eletrodomésticos – a automação pode contribuir no melhor funcionamento da casa | Projeto de Dantas & Passos Arquitetura e foto de Herman Charles Christ – Buzina de Imagem

Cada vez mais temos utilizado a tecnologia a nosso favor, não é mesmo? E por que não aproveitar para conhecer como funciona a automação residencial?

Com a conta de energia mais alta, muita gente tem buscado por essa alternativa para contribuir na economia de luz. Além disso, a automação residencial também apresenta muitos outros pontos fortes no dia a dia dentro de casa. As arquitetas Danielle Dantas e Paula Passos, destacam todos esses atributos.

Luzes, TV e eletrodomésticos – a automação pode contribuir no melhor funcionamento da casa | Projeto de Dantas & Passos Arquitetura e foto de Herman Charles Christ – Buzina de Imagem
Luzes, TV e eletrodomésticos – a automação pode contribuir no melhor funcionamento da casa | Projeto de Dantas & Passos Arquitetura e foto de Herman Charles Christ – Buzina de Imagem
1. Sensores

A instalação de sensores de presença é garantia de economia, afinal essa tecnologia fará o controle das lâmpadas, de forma que não fiquem acesas sem necessidade.

Veja também:
2. Iluminação Inteligente

A partir de uma programação, a automação residencial permite que as luzes fiquem acesas somente quando e onde o usuário deseja. Portanto, menos energia é gasta durante o dia – apenas em dias nublados, ou em algum cômodo que necessite mais luminosidade mesmo. “Conforme a noite for chegando, é possível programar um horário para o acionamento das demais luzes”, detalha Paula Passos.

A partir da automação, é possível ajustar a luminosidade para o melhor rendimento no home office | Projeto de Dantas & Passos Arquitetura e foto de Herman Charles Christ – Buzina de Imagem

Para quem gosta de criar cenários especiais, também é possível mudar a intensidade e os efeitos de iluminação a partir da automação. Você quer fazer um encontro em família ou preparar um jantar romântico? “Para cada ocasião há luzes ideais e, quando estamos nessa etapa do projeto, avaliamos todas as possibilidades, de acordo com o desejo dos nossos moradores”, explica Danielle Dantas.

3. Feedback

Você acha que as crianças estão gastando muita luz? Pois saiba, que alguns sistemas de automação mais modernos já permitem um estudo mais aprofundado do consumo. “É plenamente compreensível que os moradores fiquem estarrecidos com o acréscimo na conta de energia elétrica e não saibam exatamente como realizar esses acertos na rotina de casa. Nesse quesito, a automação é uma aliada por conta da visão analítica sobre o consumo de cada ambiente”, revela Paula.

4. Segurança

Para evitar acidentes, principalmente em residências com idosos ou crianças, a automação evita que os moradores entrem em ambientes escuros, pois as luzes acendem de forma automática ao perceber a presença de alguém.

Através dos sensores de aproximação, a iluminação apenas será acionada quando o morador entrar em um determinado cômodo, por exemplo, no momento de escolher as roupas no closet | Projeto de Dantas & Passos Arquitetura e foto de Herman Charles Christ – Buzina de Imagem
5. Vida útil

Ao utilizar as lâmpadas apenas nos momentos realmente necessários, aumenta-se a sua vida útil, contribuindo tanto com o bolso dos moradores, como com o meio ambiente. “Sabemos que ainda existe um déficit de coleta seletiva no Brasil e esse é um tipo de resíduo que não pode ser disposto no lixo comum. Precisamos agir com responsabilidade, não só destacar da forma correta, como um passo antes, pensando no emprego assertivo de todos os materiais que nos servem em casa”, declara Danielle.

6. Praticidade

Com a automação residencial e a Internet das Coisas (IoT), é possível ter controle de tudo pelos smartphones. Com a instalação dos sistemas de automação residencial, por meio da instalação de um aplicativo o morador a disponibilidade de resolver tudo por meio de um clique: desde o acionamento de uma lâmpada, a dimerização da luz de um ambiente, o funcionamento da Smart TV ou, quem sabe, até a cafeteira, deixando a rotina matutina mais redondinha para não se atrasar nos compromissos do dia.

7. Eletroeletrônicos

A automação evita que esses aparelhos fiquem funcionando sem necessidade, como o rádio, a TV, o ar-condicionado etc. É possível ligar ou desligar esses itens de forma integrada, para que não fiquem ativos enquanto a pessoa estiver fora de casa, por exemplo.

Observação importante: para aproveitar ao máximo tudo que a tecnologia pode proporcionar à residência e, consequentemente aos seus moradores, as arquitetas são unânimes em ressaltar a importância da contratação de profissionais especializados em automação, uma vez que somente com expertise no assunto é possível especificar os sistemas e equipamentos mais apropriados para o projeto e, de acordo com as necessidades de cada família. “Consideramos a automação residencial um investimento que vale muito a pena, principalmente a médio e longo prazo, em razão das facilidades proporcionadas ao lar, além de evitar o desperdício de energia”, concluem Paula e Danielle.

Veja também:

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br






arrow