Banheiro rústico: dicas de como adotar estilo que traz mais conexão com a natureza -

Banheiro rústico: dicas de como adotar estilo que traz mais conexão com a natureza

Banheiro rústico pode trazer mais conexão com a natureza e, consequentemente, relaxamento. Fotos: Divulgação/ Fani

Ter um banheiro rústico ou mesmo toda a casa com decoração rústica está entre as principais opções levantadas pelas pessoas para definir, afinal, qual será o estilo de decoração predominante daquele projeto.

A alta procura pelo estilo rústico não é um movimento ocasional: cada vez mais pessoas, sobretudo das grandes cidades, querem um estilo de vida mais simples, menos rebuscado, mais próximo da natureza e dos elementos que ela nos proporciona.

Veja também:

Pra fazer sentido, no entanto, é muito importante pensar no todo: não basta cobrir uma parede com tijolinhos, comprar móveis de madeira ou apostar no cimento queimado. O conjunto importa!

Explicamos quais são as características de uma decoração rústica e o que é preciso saber antes de criar um banheiro rústico! Confira:

O que é uma decoração rústica?
Banheiro rústico pode trazer mais conexão com a natureza e, consequentemente, relaxamento. Fotos: Divulgação/ Fani
Banheiro rústico pode trazer mais conexão com a natureza e, consequentemente, relaxamento. Fotos: Divulgação/ Fani

A decoração rústica é um estilo que busca evidenciar os materiais e as superfícies em seu estado mais simples e natural, desapegando-se da necessidade de dar um acabamento mais refinado a esses elementos, como normalmente ocorre em produtos industrializados.

Sua origem está ligada à decoração das antigas casas de campo, pois a distância dos centros urbanos e a falta de recursos forçava os moradores a contar com o que tinham em mãos nas proximidades, resultando em casas mais simples e modestas em acabamentos, porém mais próximas do que a natureza oferece.

Veja também:

Com a vida na cidade mais corrida e desprendida em valor, isso levou – e ainda leva – muitas pessoas a buscarem uma reconexão com a sua essência e as coisas mais simples da vida, simbolizada por uma decoração que remeta a um refúgio tal qual uma casa de campo.

Muitas pessoas associam esse estilo ao retrô ou vintage, o que faz algum sentido, se levar em conta o ponto de vista dos materiais utilizados nos objetos de decoração, mas a realidade é que ser rústico é algo atemporal, depende mais do acabamento e técnica empregada do que o design da peça, por exemplo.

Também costuma ser um estilo que demanda um investimento maior tanto no início quanto na manutenção, pois a resistência e a durabilidade desses materiais tendem a ser menores justamente pela ausência de um acabamento.

O que preciso saber antes de ter um banheiro rústico?

Antes de chegar ao banheiro em si, é importante ter em mente que criar um ambiente com um estilo tão marcante como esse não deveria ser uma decisão isolada do restante da casa ou apartamento.

A arte de decorar interiores está baseada em criar harmonias, portanto, seria incoerente acrescentar um espaço rústico a uma casa totalmente ancorada em uma decoração mais clássica e sofisticada, por exemplo.

Faz-se este alerta especialmente para evitar cenários em que haveria um contraste muito grande entre estilos, mas que não impede – e é até aconselhável – que se escolha um ou dois ambientes da casa com um estilo menos contrastante (industrial, por exemplo) para ousar em rusticidade.

O banheiro é o melhor ambiente para uma decoração rústica, pois ele já está naturalmente associado a momentos de relaxamento e autocuidado, logo, levar o estilo que proporciona uma ‘desconexão’ com a dura realidade seria unir o útil ao agradável.

Como criar um banheiro rústico?

Um banheiro rústico é um ambiente que explora a combinação de elementos, itens e objetos de decoração que evidenciem um acabamento mais próximo possível do natural ou que demonstre de alguma forma uma estética ‘inacabada’, uma ode à imperfeição das coisas.

Acertar no tipo de revestimento é fundamental para ser efetivo neste visual, e a madeira é uma grande aliada nisto. É possível utilizá-la para criar o armário da bancada, detalhes na parede ou até mesmo criar um deck para o banheiro. Lembre-se de que, sem qualquer tratamento, a madeira precisará ser substituída com o tempo por conta da umidade, além de estar sujeita a ataques de pragas, como o cupim.

Os tijolinhos expostos são outro chamariz deste estilo, e hoje podem ser usados para revestir a parede aplicando somente parte do que seria o tijolo original, evitando que você tenha de fazer uma parede totalmente nova com eles.

Nos metais e acessórios, existem diferentes formas de atingir esse objetivo. Você pode, por exemplo, seguir pelo caminho do industrial, optando por linhas que conversam com esse estilo.

Além disso, uma boa dica é procurar por opções de acabamento que simulam o desgaste pelo tempo, como é o caso das opções mais ‘brutas’, além da alternativa dos metais em preto fosco, cuja textura é igualmente bacana.

Por fim, não se esqueça da cuba: se couber no orçamento, o efeito rústico fica ainda melhor em um modelo esculpido em pedra ou moldado com porcelanatos, saindo do lugar comum das peças já prontas na cor branca.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br






arrow