Chevron: como adotar a padronagem do 'zigue-zague' na decoração de casa -

Chevron: como adotar a padronagem do ‘zigue-zague’ na decoração de casa

Zigue-zague, espinha de peixe, chevron. São muitos nomes para descrever essa padronagem clássica no décor, que nunca deixa de ser tendência.

Capaz de conferir personalidade e movimento onde for empregada, o chevron se popularizou primeiro no universo da moda, quando, na década de 50, a grife italiana Missoni se apropriou de seu uso. O sucesso foi tanto que não demorou para que a estampa geométrica passasse a aparecer em diversos cantinhos da casa.

Veja também:

“O chevron é clássico, versátil e democrático, podendo ser usado com cores neutras ou marcantes, em revestimentos, objetos ou tapeçaria”, apontam as profissionais do Studio Mac, Marina Salomão e Carol Multini.

Confira algumas dicas que ajudam a valorizar ainda mais esse padrão na decoração:

Revestindo as paredes

Seja com um papel de parede ou com uma paginação bem pensada de revestimentos, o chevron pode ser o elemento que evidencia o destaque para uma das paredes da casa. Ele pode facilmente ser utilizado em diversos ambientes, seja no quarto, sala ou até banheiros e cozinha, como backsplash.

“O importante é saber balancear. Escolha uma parede única para receber a padronagem, não pesando no ambiente”, indicam as arquitetas.

Para trazer personalidade ao banheiro, foi colocado o revestimento seguindo a padronagem chevron. Foto: Sidney Doll

As cores deverão ser escolhidas de acordo com o estilo do projeto e gosto do morador. “Para composições mais discretas, pode-se utilizar um único revestimento, no mesmo tom, brincando apenas com a paginação e texturas”, comentam as especialistas. Mas também é possível ousar, trazendo até mais de duas cores para a estampa.

Geometria no tapete

Nesse projeto o chevron foi explorado no tapete do living. Foto: Sidney Doll

O tapete também é uma ótima forma de explorar a padronagem. Capaz de trazer aconchego e ainda delimitar ambientes, ele é um item essencial na decoração e pode se tornar destaque nos espaços, por revestir uma grande área.

“Em nosso projeto, escolhemos um modelo com o clássico preto e branco, trazendo o chevron com zigue-zague mais amplo. Ele se coordena com a paleta de cores do living”, explicam. Para garantir harmonia, as arquitetas indicam que o modelo do tapete seja escolhido depois da compra de todos os mobiliários.

De olho nos detalhes

Por fim, o clássico chevron pode ser explorado também em detalhes, como em objetos decorativos, almofadas e até enxoval. “Por ser uma estampa clássica, é uma forma segura de garantir personalidade aos projetos”, indicam.

Veja também:

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site www.decorstyle.ig.com.br

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada







arrow