Com 7 metros quadrados, menor apartamento de Londres está à venda por R$ 350 mil. Veja fotos! -

Com 7 metros quadrados, menor apartamento de Londres está à venda por R$ 350 mil. Veja fotos!

Menor apartamento de Londres, com apenas 7 metros quadrados, está à venda. Fotos: Divulgação/ My Auctions

O menor microapartamento de Londres à venda por £ 50.000 (R$ 350 mil) tem 7 metros quadrados. Propriedade em uma conversão vitoriana em Lower Clapton tem uma cama, micro-ondas e banheiro.

Imagine compactar sua vida para caber em apenas 7 metros quadrados. Haveria espaço para uma cama, um vaso sanitário e um chuveiro, uma pia, um micro-ondas e algum espaço de armazenamento. Mas não há espaço para cozinhar, decorações, um lugar para guardar equipamentos para hobbies ou para ter alguém por perto para visitar.

Menor apartamento de Londres, com apenas 7 metros quadrados, está à venda. Fotos: Divulgação/ My Auctions
Menor apartamento de Londres, com apenas 7 metros quadrados, está à venda. Fotos: Divulgação/ My Auctions

Esta é a vida no menor microflat de Londres. Localizado em uma conversão vitoriana em Lower Clapton, leste de Londres, é considerado por seus vendedores como o menor a ser comercializado na capital. O preço mínimo estabelecido pelos leiloeiros é de £ 50.000, mas espera-se que seja vendido mais caro, pois foi comprado por £ 103.500 (R$ 720 mil) em maio de 2017.

Veja também:

O apartamento é um exemplo do que os especialistas dizem ser um fenômeno crescente de pequenas casas, impulsionado pelo aumento dos aluguéis e dos preços dos imóveis. Os microflats estão se tornando mais procurados e são cada vez menores, dizem eles.

O apartamento Clapton foi recentemente reformado e tem uma grande janela. Para maximizar o espaço, possui uma cama acima do espaço de armazenamento e dos armários. O espaço entre a cama e a parede é largo o suficiente para abrir os braços, e há uma mesa dobrável para comer ou trabalhar. Um banheiro e chuveiro estão em uma cômodo separado.

O proprietário já recuperou seu investimento recebendo £ 800 (R$ 5.580) de aluguel por mês. O inquilino atual mora em outro lugar a maior parte do tempo e passa apenas uma ou duas noites por semana no apartamento, pois é mais próximo do trabalho.

Os microflats estão se tornando mais populares e seu tamanho está diminuindo, de acordo com uma pesquisa de Philip Hubbard, professor de estudos urbanos do Kings’s College London. Um em cada 15 apartamentos em Londres fica abaixo do padrão mínimo nacional de 37 m² para uma casa de um quarto, enquanto o tamanho médio das propriedades do Reino Unido abaixo do padrão espacial caiu um metro quadrado para 29 m² este ano.

Hubbard recomendou que os compradores procurem apartamentos acima de 37 m², já que menos janelas e a incapacidade de dividir espaço de convivência, trabalho e lazer prejudicam o sono e a saúde mental, e propriedades menores são mais caras por metro quadrado.

Veja também:

Julia Rugg, pesquisadora do Centro de Políticas de Habitação da Universidade de York, disse que a venda de Clapton reflete a “natureza inflada do mercado imobiliário em Londres” e disse que seria um “desenvolvimento preocupante” se os microflats fossem vistos como uma solução para a acessibilidade da habitação. .

“Esta é uma acomodação que mal se adapta a um quarto de hotel e não constitui um espaço habitável sustentável. A propriedade carece de conforto ou comodidade e força a dependência de itens descartáveis. O bairro pode estar repleto de bares e cafés, mas contar com eles para viver torna a vida muito cara”, disse ela.

Fonte: The Guardian

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br






arrow