Como organizar os sapatos do lado de fora de casa - e dentro também -

Como organizar os sapatos do lado de fora de casa – e dentro também

O costume já existe há muito tempo lá no Oriente… Os japoneses, ao chegarem em casa, têm o costume de tirar os sapatos e deixar na porta – tanto nas suas, como nas casas onde chegam como visitantes.

Até bem pouco tempo atrás, a história era diferente aqui no Brasil. Mas os cuidados para evitar o contágio do Covid-19 mudaram rapidamente os hábitos de muitos brasileiros: a entrada da casa passou a ser uma área de descontaminação.

Veja também:

E qual o resultado? Um monte de sapatos amontados do lado de fora. No entanto, a arquitetura de interiores ajuda em soluções para os moradores que buscam modos de organização para que os calçados não sejam fontes de vírus e o lar seja sinônimo de tranquilidade e saudabilidade.

“Podemos escolher desde as pequenas sapateiras encontradas nos home centers, como projetar soluções mais incorporadas e que se encaixem no estilo de decoração do imóvel”, relata a arquiteta Júlia Guadix, que mesmo antes da pandemia já adicionava um móvel específico para os calçados na entrada dos projetos que assina.

Fotos: Guilherme Pucci

Portanto, no projeto de arquitetura de interiores que realizou em sua casa, Júlia incluiu um armário azul logo na entrada. Ao abrir a porta do mobiliário, um cabide acomoda os casacos utilizados por ela e seu marido, bem como bolsas e demais acessórios.

Já no gavetão, o local é exclusivo para guardar os calçados que serão utilizados na próxima saída. A extensão da marcenaria, que se une mais adiante ao rack, ainda permite que o usuário possa se sentar e ter mais conforto para calçar e descalçar o sapato.

Foto: Guilherme Pucci

O mesmo conceito foi adotado nesse outro apartamento. Ao invés da marcenaria, um móvel pronto – combinação entre madeira e serralheria. Além dos cabideiros, a peça contempla um assento de madeira e, na parte inferior, a estrutura para os calçados.

Sapateiras também do lado de dentro de casa

Se por um lado não tínhamos o hábito de preservar a casa de impurezas da rua, a sapateira para receber e organizar os pares limpos sempre fizeram parte do desejo dos moradores ao realizarem os projetos de interiores.

“Permanecer com essa segunda sapateira seguirá como essencial na organização dos itens pessoais. Quem não costuma se esquecer de um sapato que ficou lá no fundo do armário?”, relata a arquiteta Erika Mello.

planejamento norteia a execução. Por isso, é preciso apurar a quantidade de sapatos que costuma ter, bem como os tipos mais comuns. “O estilo faz toda diferença. Não posso executar a marcenaria sem saber se precisarei dispor sapatos baixos como rasteirinhas, sapatilhas e tênis, salto alto e até as botas de cano longo”, exprime a arquiteta Cristiane Schiavoni.

Veja também:

Portanto, tendo em vista o volume de pares, o passo seguinte é definir o lugar onde a sapateira será instalada.

Foto: Carlos Piratininga

Ainda sobre as prateleiras, o critério da altura para a arrumação é o seguinte: deixe ao alcance dos olhos os itens que mais utiliza. Por exemplo, a parte inferior recebe as botas e, em cima, os sapatos de festas com as bolsas combinando.

No entanto, para Erika Mello, a sapateira não precisa necessariamente ficar no quarto ou no closet. A depender da área útil disponível na planta, é possível apostar em espaços ‘mortos’ no corredor e até mesmo na lavanderia.

Veja também:

Fotos: Luis Gomes

Além disso, na ausência de um mobiliário feito sob medida para os sapatos, caixas organizadoras transparentes podem resolver o problema. Por fim, o espaço embaixo da cama box é outro aliado, pois além de usufruir do vão, os pares podem estar dispostos em prateleiras com rodízios, permitindo facilidade de visualização e limpeza periódica.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site www.decorstyle.ig.com.br

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada







arrow