Conheça a técnica verde amarelo vermelho para arrumar a bagunça na sua casa

Conheça a técnica “verde amarelo vermelho” para arrumar a bagunça na sua casa

Conheça a técnica “verde amarelo vermelho” para arrumar a bagunça na sua casa
Conheça a técnica “verde amarelo vermelho” para arrumar a bagunça na sua casa
Conheça a técnica “verde amarelo vermelho” para arrumar a bagunça na sua casa

Você abre a porta do guarda-roupa e tem coisa caindo em você? Sua sapateira já não comporta mais tantos calçados? É, chegou a hora de você adotar a técnica de organização `verde amarelo vermelho´. Já ouviu falar?

Veja também:

A técnica é inspirada nas fases do semáforo: você classifica suas coisas em três cores de acordo com a necessidade das peças. A personal organizer Talita Melo, fundadora da Kiiro, empresa especializada em organização e parceira da guarda-móveis MetroFit, explica como fazer: “a ideia é praticar uma verdadeira oficina do desapego, mas, sem perder nada, por isso, o processo requer direção e técnica”.

Para dar início, use cores para identificar o destino dos itens em caixas ou sacolas:  

Verde: nesta categoria entra tudo que já não faz mais sentido manter, mas que pode ser vendido. Pode ser uma peça de grife, em bom estado ou com apelo vintage, por exemplo. “Vestidos de festa, calçados, entre outros, costumam ser bem vendidos na internet”, completa Talita.

Amarelo: entra tudo que requer atenção da sua parte. Precisa devolver algum item? Ele precisa de costura, reforma ou ainda de um conserto? Então, esses itens entram na categoria amarela. A dica é ir separando em sacolas tudo que precisa de ajuste ou ser devolvido e deixar essas sacolas em áreas de saída da casa – tornando mais fácil de se lembrar quando é preciso levar as peças para ajuste ou devolução.

Vermelho: aqui entra tudo que está em bom estado e você não deseja mais. É a caixinha da doação para uma instituição em que você confia.

E se ainda faltar espaço?

Se o item está em bom estado, você não quer se desfazer, mas não tem onde guardar em sua casa, você pode deixar em um guarda-móveis. É uma boa opção para móveis, malas de viagem, carrinho de bebê e berço. Na MetroFit, que fica em São Paulo, por exemplo, guardar uma cama box por um mês custa R$ 313. Há descontos para longos períodos. 

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada







arrow