Cores vibrantes: inspire-se em ambientes coloridos, modernos e cheios de personalidade -

Cores vibrantes: inspire-se em ambientes coloridos, modernos e cheios de personalidade

“I prefer living in colour”, é essa frase do artista David Hockney que inspira o arquiteto Fernando Brandão para este projeto. Com esse conceito, paletas de cores que fogem do convencional invadem os projetos do arquiteto, que investe em nuances marcantes em suas obras que passeiam entre o universo corporativo e residencial.

“Gosto de inovar e fugir do convencional, muitas vezes opta-se por bege e cinza por medo de ousar e talvez até por preguiça pensando numa situação pseudo-neutra. Embora as tonalidades também tenham sua pertinência”, explica o arquiteto.

Veja também:

A defesa para o uso de nuances em seus projetos é simples, “Precisamos entender que cores nos circundam, o universo ao nosso redor é de uma infinita paleta de cores e, sendo assim, considero que pensar em cores é o raciocínio arquitetural mais ‘natural’ possível”, neste conceito sua arquitetura ficou marcada por inserir a cor além dos pequenos objetos, como é muito propagado nos projetos de interiores brasileiro.

Mistura que deu certo. Neste projeto, o arquiteto apostou no verde-bandeira nas paredes, e cadeiras e poltrona em vermelho. Além desses tons centrais, outras cores podem ser vistas nas obras de artes e objetos decorativos.

O arquiteto ousa ao utilizar cores fortes das paredes ao teto dos ambientes, os móveis também exploram uma paleta viva, mas em perfeita harmonia, num casamento perfeito entre cor e personalidade.

Afinal, “a escolha por cores é o segredo da boa arquitetura desde sempre… a harmonia e equilíbrio de volumes e cores sob a luz permitem a plenitude de nossa existência”, revela o arquiteto, que defende o uso de cores para transformar os ambientes, não é para menos, já que ele acredita que não existem restrições quando o assunto é colorir os ambientes.

Veja também:

“Toda cor, todo tom, sob a luz pode substituir texturas ou materiais… Há uma infinita paleta de cores que nos permite “brincar” com o mundo que nos envolve”, finaliza.

O arquiteto também defende o uso de cores nos ambientes corporativos. Em seu escritório, em SP, apostou no laranja no piso e o azul no teto. As paredes brancas garantem a leveza necessária para um ambiente de trabalho.

A sala de reunião em seu escritório trouxe o laranja de uma forma mais intensa, nas paredes e nas poltronas também. Existe uma reticência ao utilizar tons escuros no teto, porém, o arquiteto mostra que quando é combinado com cores vibrantes e uma boa iluminação, não existe restrição para o uso.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site www.decorstyle.ig.com.br

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada







arrow