Décor Comfy: conheça o estilo pautado no conforto e bem-estar que é tendência em 2022 -

Décor Comfy: conheça o estilo pautado no conforto e bem-estar que é tendência em 2022

O estilo Comfy oferece um clima de proteção e comodidade por meio de elementos naturais para no décor. Na área social do apto assinado pela arquiteta Marina Carvalho, as nuances de madeira clara e o jardim vertical contribuem para essa ambiência tão prazerosa | Fotos: Evelyn Müller

Não é de hoje que priorizar o conforto se tornou um desejo latente na realização de projetos arquitetônicos. Porém, uma nova tendência na decoração vem reforçando essa ideia de ter um lar aconchegante e agradável: trata-se do estilo Comfy, que promete fazer a cabeça dos brasileiros que realizarão seus projetos em 2022.

Em linhas gerais, a concepção do estilo ‘comfy’ é inspirado na conjunção de móveis e elementos decorativos incorporados nos ambientes com o propósito de deixar tudo ainda mais harmonioso. Nesse mix de escolhas, o projeto deve ainda considerar a entrada de luz e ventilação natural nos cômodos, estofados com tecidos agradáveis em sofás, cadeiras e poltronas, além de itens como almofadas e mantinhas incorporadas no décor para promover bem-estar e acolhimento.

O estilo Comfy oferece um clima de proteção e comodidade por meio de elementos naturais para no décor. Na área social do apto assinado pela arquiteta Marina Carvalho, as nuances de madeira clara e o jardim vertical contribuem para essa ambiência tão prazerosa | Fotos: Evelyn Müller
O estilo Comfy oferece um clima de proteção e comodidade por meio de elementos naturais para no décor. Na área social do apto assinado pela arquiteta Marina Carvalho, as nuances de madeira clara e o jardim vertical contribuem para essa ambiência tão prazerosa | Fotos: Evelyn Müller

“Empregado também na moda, o Comfy, em português, pode ser traduzido como conforto. No universo da arquitetura e decoração de interiores, se caracteriza pela oportunidade de traduzir o jeito único que cada um de nós tem para se sentir à vontade. Seja jogado em um sofá bem gostoso, para passar o tempo, ou mesmo durante as atividades profissionais no escritório montado dentro de casa”, explica a arquiteta Marina Carvalho.

Veja também:

Olhando ainda para a questão do vestuário, o estilo ganhou expressão pelo desejo do ser humano em vestir roupas confortáveis, descontraídas e, ao mesmo tempo, que se sentissem autoconfiantes. Com isso, o movimento de transpor esse pensamento semelhante para a casa foi entendido como uma decorrência orgânica.

A iluminação natural carrega a sensação de bem-estar, que tem tudo a ver com a maneira Comfy de se viver. Na integração entre a sala de estar e o jantar – onde originalmente era a varanda –, a arquiteta Marina Carvalho conseguiu abranger a luminosidade, que adentra o fechamento de vidro, por toda área social | Foto: Evelyn Müller
Peças para uma decoração Comfy

Alguns elementos são essenciais na composição do estilo. As almofadas não podem ficar de fora: para defini-las, a proposta é escolher modelos que passeiam por diferentes tamanhos, texturas e cores. “Para trazer mais conforto ao local, gosto de trabalhar com uma mistura entre as maiores, que são ótimas para acomodar os moradores enquanto assistem TV, enquanto aquelas com formato retangular atuam como descanso para os pés”, relaciona a arquiteta.

Nesse check-list, o tapete é ponto indispensável, uma vez que deixa o ambiente aquecido (nos dias frios), é gostoso ao toque, quando a pessoa pisa descalço e, inegavelmente, agrega um toque de charme ao décor. “O tapete exato é aquele que responde ao perfil dos moradores e, ao mesmo tempo, é prático. Nesse caso, os modelos menos felpudos e fáceis de limpar são os mais indicados”, aconselha a profissional.

Veja também:

Pensando nos atributos que envolvem a iluminação, a cor da luz deve ser estabelecida de acordo com o ambiente. “É sempre válido ressaltar que o ato de iluminar se conecta aos nossos sentimentos. As tonalidades amarelas são voltadas aos descansos, enquanto a luz branca é adequada aos momentos em que a atenção é requerida, como nas cozinhas, escrivaninhas ou escritórios”, ressalta Marina.

Aplicação de materiais naturais
Na definição de materiais Comfy para o projeto, Marina optou pela predominância da madeira clara e a parede de tijolinhos aparentes | Fotos: Evelyn Müller

A utilização de elementos naturais na decoração tem tudo a ver com o estilo Comfy, pois combinam com a proposta de ambientes gostosos, saudáveis e sustentáveis, além de serem um convite ao relaxamento e a busca pelo equilíbrio visual na decoração. Móveis executados com pedras, fibras, madeiras, tecidos naturais e materiais ecologicamente corretos conectam o morador, o deixam mais perto da natureza e, por conseguinte, deixam a casa mais leve.

A iluminação natural é outro componente primordial. Com isso, janelas devem ser um meio de entrada da luz por toda a residência e, para sua cobertura, ao invés de tecidos pesados, o Comfy propõe a substituição por versões mais suaves, que oferecem privacidade e evitam quaisquer incômodos visuais no dia a dia.

Tons claros e terrosos, tanto nas paredes quanto nos móveis, é outro traço marcante do estilo Comfy |Fotos: Evelyn Müller
Cores

As cores são primordiais dentro do âmbito Comfy, uma vez que a seleção correta dos tons emana a sutileza aos ambientes. Dessa forma, uma paleta de tons claros é a mais recomendada para os moradores que pretendem aderir ao estilo.

As paredes devem se harmonizar aos outros itens para não causar estranhamento ou poluição visual e as demais as cores devem acompanhar a mesma linha com paletas cromáticas e mescladas com tons terrosos, branco, cinza e rose.

“O habitante de um apartamento pautado nos princípios do Comfy pode brincar com várias cores ao mesmo tempo, adicionando mais personalidade para o lar. Contudo, a ideia é sempre aumentar a sensação de bem-estar com as cores minimalistas que transmitem frescor e ares sempre amenos”, finaliza a arquiteta.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada







arrow