Decoração personalizada e cheia de estilo sem quebra-quebra. Veja resultado! -

Decoração personalizada e cheia de estilo sem quebra-quebra. Veja resultado!

Personalizar a decoração do lar, repensar o layout da planta baixa e buscar móveis e revestimentos que deixassem o gosto da cliente em evidência foi a tarefa que a arquiteta Carina Dal Fabbro, recebeu ao renovar o décor deste apartamento de 97 m² sem quebra-quebra.

Localizado no Itaim Bibi, bairro da zona sul da capital paulista, o imóvel foi contemplado por uma arquitetura de interiores revigorada com objetos decorativos modernos e que atuaram como pontos de cor, trazendo vitalidade ao espaço. Por isso, não foi necessário nenhum quebra-quebra.

Cuidadosa em cada detalhe, a arquiteta relembra a satisfação em realizar este projeto. “Mais do que trocar a decoração, busquei tornar o ambiente aconchegante, elegante e com o jeito único que só ela tem. A transformação exprime o interior das pessoas e abre frente para novos tempos”, reflete Carina.

Veja também:

A repaginada no décor foi executada durante a pandemia e modificou completamente os ares da casa sem a necessidade de demolir paredes ou gerar entulho e resíduos com a troca de revestimentos. Na prática, zero obras! “Junto com o isolamento social, surgiu a necessidade de se sentir mais acolhido e abraçado pela casa em que passamos quase que integralmente nossa vida. Este projeto demonstra que é perfeitamente possível renovar todo o lar sem a necessidade de uma reforma profunda”, relata a arquiteta.

As almofadas em linho e tons de terracota harmonizaram perfeitamente com a base neutra do sofá e ainda ‘conversam’ com os tons de amarelo e ocre presentes no tapete. O toque verde, evidenciado com as plantinhas, reforça a ideia de que o natural é parte de nossa essência humana |Fotos: Rafael Renzo

Com a área social toda integrada, os espaços compactos parecem muito maiores e as cores claras também contribuem para isso. Na combinação de estilos e tons, as paredes foram revestidas com papel de parede de textura de linho, a paleta de tons terrosos é evocada nas almofadas e o gradiente de cinza claro marca presença no tecido do sofá e da cortina. “No mobiliário, nos pautamos por desenhos arredondados e orgânicos, que contribuíram para reforçar o sentimento de frescor e novos ares”, pontua a profissional.

Veja também:

O estar, que acolherá as futuras visitas, exerce a dupla função de sala de TV. Para tanto, ao invés de um painel, que exigiria mais custos e tempo de obra, o rack revelou-se como a solução para acolher os equipamentos em seus nichos abertos, acomodar a TV em sua base e, nas portas e gavetas, organizar tudo o que não precisa estar na visão. O móvel é de madeira escura e atua como contraponto para o restante do mobiliário.

Na hora de escolher os objetos para constituir a sala de jantar, Carina deu preferência para peças brancas, que ganharam destaque graças ao revestimento em madeira nogueira. | Foto: Rafael Renzo

Eleito como um dos ambientes preferidos da moradora, a sala de jantar é conectada à cozinha. Neste espaço, chama atenção a sincronia entre as nuances e os veios do piso de madeira composto por tacos de cumaru, a mesa ebanizada e o tom de nogueira que deu vida à estante. O balcão também faz as vezes de aparador e se revela como um ponto fundamental para apoiar aperitivos, bebidas e menu do jantar.

Na parede entre a sala de jantar e a cozinha, a atemporalidade do conjunto de pratos assinados pelo artista italiano Piero Fornasetti. As peças, que já faziam parte do acervo da cliente, propiciam um toque de irreverência ao décor. | Foto: Rafael Renzo

Chegando na cozinha, o duo do clássico preto e branco, que, assim como na moda, segue acrônico. “Aproveitamos todos os armários em marcenaria branca e deixamos o destaque para o backsplash em preto”, detalha Carina. Em inox, os eletrodomésticos reforçam a contemporaneidade almejada pela cliente.

Com uma varanda ampla, a arquiteta planejou diferentes momentos e espaços de convivência para a família aproveitar muito após a pandemia. | Fotos: Rafael Renzo

A varanda, por sua vez, ganhou dois ambientes que, mesmo integrados, são bem setorizados por meio de sua decoração. O primeiro, logo ao sair da sala de estar, é o cenário perfeito para um café da manhã no final de semana ou para celebrar um momento especial com a luz e a vista da cidade: a mesa redonda, com base de ferro e tampo de vidro, é acompanhada pelas cadeiras em acrílico transparente.

Próximo à mesa da varanda, o aparador oferece disposição para o minibar e o cafézinho! | Fotos: Rafael Renzo

O aparador em madeira de nogueira acomoda perfeitamente a cafeteira e o minibar que ficam à disposição dos moradores e visitantes. Os quadros emolduram folhas naturais com os verbetes “Gratidão” e “Família”, que sintetizam os sentimentos da cliente. “Muito além da questão estética, a decoração é a arte de contar a história de quem mora na casa. Nesse processo, nunca devemos optar por um objeto que não nos ajude com essa narrativa”, explica Carina.

   
A persiana rolo, que compreende todo perímetro do fechamento de vidro da sacada, favorece o controle da luz natural e a privacidade dos momentos| Fotos: Rafael Renzo

No segundo ambiente, o clima do estar denota o arranjo das três poltronas de corda náutica em preto. O tapete, com efeito tie dye na cor verde, ‘dialoga’ com as almofadas em linho e, na mesa de centro com estrutura metálica e base em vidro, a leveza de colares de sementes naturais e velas aromáticas.

Nas mesas laterais à cama, o abajur é um ponto extra de iluminação. Os vasinhos com flores delicadas cooperam para essência de paz que o dormitório transmite | Foto: Rafael Renzo

No dormitório principal, o painel atrás da cama e os móveis de marcenaria já existiam e serviram como ponto de partida para a busca de novos elementos de decoração. “Tendo como referência o que já existia neste quarto e o que a cliente ansiava, ficou fácil idealizar novos itens para valorizar ainda mais o ambiente”, discorre Carina. Contribuindo com esta atmosfera de bem-estar construída pela profissional, o enxoval destaca a peseira e as almofadas cinzas, em linho, que tornam a cama ainda mais confortável e bonita. A cortina, também em linho, é providencial para segurar a luz natural naqueles dias propícios para dormir até um pouco mais tarde.

Minimalista e gostoso, o quarto de hóspedes ficou com ar acolhedor para receber o enteado da moradora | Fotos: Rafael Renzo

Ainda mantendo os tons claros, o destaque todo especial do quarto de hóspede ficou para a marcenaria do quarto. A TV embutida otimiza o espaço e garante a diversão do enteado da moradora. “Para prover ainda mais comodidade, escolhemos mantas e travesseiros fofinhos na cor azul. Instalamos também um painel MDF ao redor da cama, que se revelou como a cabeceira. Ficou lindo e confortável”, finaliza Carina.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada







arrow