Dicas de iluminação para fazer sucesso nas lives na quarentena -

Dicas de iluminação para fazer sucesso nas lives na quarentena

Dicas de iluminação para fazer sucesso nas lives na quarentena

Durante a quarentena, as lives se transformaram na principal opção de entretenimento dos brasileiros. Mas não são apenas famosos e youtubers que podem ter um espaço de gravações bem estruturado, você também pode transformar sua casa em estúdio com alguns ajustes. Para isso, basta iluminar corretamente o ambiente.

Veja também:

Dicas de iluminação para fazer sucesso nas lives na quarentena:

Luzes de Apoio

O ideal é não contar somente com a luz central da sala. A iluminação superior e direta acima da cabeça deixará o seu rosto com muitas sombras no vídeo, evite! Opte por luzes frontais ou laterais, que permitem que as feições apareçam de forma mais leve na câmera. Aposte também nas luzes de apoio para que o ambiente fique ainda mais convidativo no vídeo. É possível complementar a iluminação com peças como arandelas, luminárias de mesa ou piso, pendentes e spots direcionáveis.

Tipos de Luz

O tom branco quente (2400K a 3000K) é o mais indicado para as lives na quarentena. Essa coloração mais “amarelada” valoriza os tons naturais de todos os tipos de pele e deixa o cenário mais convidativo para quem assiste do outro lado da tela. Para que a iluminação não ofusque a visão de quem apresenta e torne o ambiente homogêneo e agradável, dê preferência à luz indireta (em que a luminosidade é rebatida e depois se espalha para o ambiente de forma leve) ou à luz difusa (que ilumina o espaço de forma uniforme).

Luzes coloridas

Para transportar aquele clima de balada para dentro de casa, considere usar fitas de LED RGB, com até três cores – vermelho, verde e azul, por exemplo -, usadas de forma alternada ou não. Assim, o seu espaço pode se tornar um local ideal para shows e outras apresentações culturais. No mercado, existem sistemas de iluminação inteligente, com lâmpadas e fitas de led que podem ser controladas pelo celular. Ao mudar rapidamente as cores e intensidades das luzes, você traz mais dinamismo para sua live, principalmente quando o assunto é música ou games.

Cenário Perfeito

A preocupação com o cenário de fundo também é muito importante para fazer sucesso nas lives na quarentena. Para criar um clima aconchegante e dar uma sensação de proximidade ao espectador, evidencie objetos decorativos e texturas por meio do uso de fitas de LED ou de spots direcionáveis. Para quem quiser caprichar ainda mais, vale investir em luzes dimerizáveis, ou seja, lâmpadas que permitam regular a intensidade do brilho. O cordão de luz – indicado para ser instalado com lâmpadas de filamento – é outra opção bastante interessante, sobretudo para áreas externas.

Outras peças

A aplicação de luzes frontais nas lives é a mais indicada. Dessa forma, os espectadores poderão ver melhor os protagonistas do vídeo. Além das arandelas, que criam efeitos de iluminação mais uniformes, considere as luminárias “camarins”, peças com luzes indiretas (em que a iluminação se espalha melhor no ambiente) e de fluxo luminoso mais alto.

Veja também:

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site www.decorstyle.ig.com.br

Veja também

+ Mudaram as regras para compra de carro para PCD; veja como ficou

+ Carol Nakamura compartilha projeto de sua mansão de R$ 2 milhões; veja

+ 20 passos simples para dar uma cara nova para sua casa

+ Você acha Gracyanne Barbosa sarada? É quer nunca viu a médica Chinesa Yuan Herong

+ Relógio de R$ 3 milhões de Faustão é inspirado em supercarro da Bugatti; veja

+ Dicas fáceis de como limpar panela queimada

+ Enio Mainardi, publicitário e pai de Diogo Mainardi, morre de covid-19

+ Quarto feminino: 6 dicas que você precisa saber antes de planejar o seu

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo




arrow