Essas são as melhores escolhas de portas de armários para quartos pequenos -

Essas são as melhores escolhas de portas de armários para quartos pequenos

Neste quarto projetado por Bruno Moraes Arquitetura, o guarda-roupa tem dois tipos de abertura: à esquerda, há uma porta de correr para que o móvel não encoste na cama. À direita, com mais área disponível, está a porta convencional de giro | Fotos: Luis Gomes

Na hora de mobiliar quartos, cozinhas, banheiros ou lavanderias, uma dúvida é bastante comum é: devo escolher armários com qual tipo de portas?

Além da questão estética, vários fatores deverão ser levados em conta na hora das portas dos armários, como metragem do cômodo, espaço interno do móvel, necessidades dos moradores, preços, e praticidade no dia a dia.

+ Guarnições de portas e janelas: dicas de experts para acertar no acabamento da sua casa

+ Portas divisórias de ambientes trazem privacidade ao conceito aberto. Conheça três tipos principais!

+ 5 ideias incríveis para portas de despensa que são tudo menos comum

Neste quarto projetado por Bruno Moraes Arquitetura, o guarda-roupa tem dois tipos de abertura: à esquerda, há uma porta de correr para que o móvel não encoste na cama. À direita, com mais área disponível, está a porta convencional de giro | Fotos: Luis Gomes
Neste quarto projetado por Bruno Moraes Arquitetura, o guarda-roupa tem dois tipos de abertura: à esquerda, há uma porta de correr para que o móvel não encoste na cama. À direita, com mais área disponível, está a porta convencional de giro | Fotos: Luis Gomes

Para contribuir nessa decisão, o arquiteto Bruno Moraes apresenta diversas orientações e ideias de ambientes para a casa.

Cozinha com portas e gavetas de puxar, além de eletrodomésticos embutidos, neste apartamento reformado por Bruno Moraes Arquitetura. A metragem do espaço é compatível com os móveis | Fotos: Luis Gomes
Qual é a melhor escolha?

Cada tipo de escolha tem vantagens e desvantagens. Para quem tem um apartamento de metragem reduzida, os móveis com portas de correr costumam ser mais eficientes, pois economizam o espaço de abertura, evitando que encoste em outros móveis ou luminárias. “Hoje em dia é muito grande o número de armários e guarda-roupas com portas de correr, principalmente para os imóveis menores”, conta Bruno Moraes.

O painel de madeira esconde um guarda-roupas com portas de correr. Como este apartamento reformado pelo arquiteto Bruno Moraes tem apenas 50 m², essa foi a solução encontrada para ganhar espaço e abrigar roupas e objetos | Fotos: Luis Gomes
Outro exemplo de guarda-roupa com portas de correr. Os espelhos contribuem para a sensação de amplitude | Projeto de Bruno Moraes Arquitetura | Foto: Luis Gomes

Porém, as portas de correr usam ferragens para que sejam movimentadas de um lado para o outro, portanto há uma redução no espaço interno do móvel por conta dos trilhos – em que geralmente uma porta fica na frente da outra. “Atualmente, o mercado já disponibiliza tipos de ferragens em que as portas ficam completamente alinhadas, mas ainda estão com valores mais altos”, conta o profissional.

Exemplo de cozinha com portas e gavetas de puxar, em que a metragem do espaço é adequada para o tipo de móvel | Projeto de Bruno Moraes Arquitetura | Fotos: Luis Gomes

Já para quem tem mais espaço é possível investir nas tradicionais portas de giro. Porém, Bruno recomenda que seja realizada uma medição prévia no cômodo desejado (já contando com o tamanho da porta totalmente aberta) para evitar o risco de comprar um móvel de tamanho inadequado. “Para metragens maiores, inclusive, é possível fazer um mix entre os dois tipos de armários, de acordo com o gosto do morador”, conclui.

Móveis Customizados

“Cada imóvel possui suas particularidades, enquanto cada família tem suas necessidades específicas também. Dessa forma, uma boa ideia é apostar em móveis customizados ou planejados, para aproveitar os espaços da melhor forma. É importante que o cliente peça ajuda para um arquiteto ou marceneiro responsável, que poderá indicar os melhores caminhos durante a reforma, aconselha Bruno.

Neste projeto, para esconder os eletrodomésticos e uma pequena área de serviço, houve a instalação de um armário de correr, no estilo “porta camarão” em que as ferragens movimentam as portas. | Projeto de Bruno Moraes Arquitetura | Fotos: Luis Gomes
No mesmo projeto de Bruno Moraes, as portas de giro são para esconder a geladeira | Fotos: Luis Gomes
Um quarto, várias soluções pensadas por Bruno Moraes: atrás das portas espelhadas, também de correr, há um closet para guardar as roupas do casal. Além disso, o cômodo ainda apresenta armários com portas de giro e até uma sapateira ripada | Fotos: Luis Gomes
Neste outro quarto, a sapateira de madeira ripada apresenta portas de correr, para não encostar na cama na hora em que for aberta | Projeto de Bruno Moraes Arquitetura | Fotos: Divulgação
Quer ver mais notícias como essa? Então, confira outras matérias nossas:

+ Por dentro da suíte presidencial do premiado hotel Grand Hyatt São Paulo

+ Guia básico de luz: esclareça todas as dúvidas sobre iluminação

+ 5 principais dicas para quem quer montar uma cozinha nível Masterchef






arrow