Esta caneta é tão ecológica que você pode comer a tinta. Conheça Scribit! -

Esta caneta é tão ecológica que você pode comer a tinta. Conheça Scribit!

Uma pesquisa constatou que os norte-americanos jogam fora 1,6 bilhão de canetas por ano. Pensando nisso, foi criada esta caneta que pode ajudar a conter esse desperdício desastroso.

Primeiro, havia pena e tinta. Em seguida, a caneta-tinteiro, depois a caneta esferográfica. Agora, podemos adicionar algo novo aos livros de história: a caneta compostável.

Imagens: Divulgação/CRA-Carlo Ratti Associati

Sim, um novo marcador da agência de design Carlo Ratti Associati, chamado de caneta “Scribit”, é completamente compostável. A tinta? Comestível. E ao contrário das 1,6 bilhão de canetas plásticas descartáveis ​​que os norte-americanos enviam para aterros sanitários todos os anos, este marcador, o primeiro de seu tipo, não libera toxinas para o meio ambiente quando é descartado.

Veja também:

Acontece que as canetas de plástico estão por toda parte, mas são realmente difíceis de reciclar. A maioria das pessoas simplesmente as joga fora quando a tinta acaba. E embora existam opções para reciclar canetas Bic descartáveis, isso requer esforço dedicado por parte do consumidor, que pode comprar uma caixa especial para reciclagem ou enviar as canetas para uma unidade de reciclagem, ambos por meio de uma parceria entre a Bic e a empresa de reciclagem Terracycle. (Por sua vez, o Pilot fez uma caneta feita em 86% com garrafas de água recicladas.)

O marcador compostável Scribit, desenvolvido para a empresa de tecnologia Scribit (que desenvolveu um robô de desenho em 2019), é totalmente ecológico. O compartimento recarregável é feito em algumas cores diferentes de acordo com o material: madeira cultivada com responsabilidade; alumínio anodizado reciclado; ou plástico PHB biodegradável (o menos atraente dos três, pois ainda pode deixar microplásticos para trás). A equipe testou dezenas de materiais diferentes para solucionar necessidades funcionais como uma barreira de oxigênio, que evita que a tinta seque, antes de pousar nesses componentes finais, segundo Carlo Ratti, sócio fundador do CRA e professor do MIT. A ponta e os cartuchos de tinta são feitos de fibras naturais.

Veja também:

A tinta, que estará disponível em oito cores, é à base de água e feita de pigmento orgânico atóxico – até comestível. (Não que você deva comer; isso apenas significa que você não ficará doente.)

A caneta está atualmente em desenvolvimento e ainda não tem uma data de lançamento, pois eles ainda estão explorando maneiras de dimensionar o produto, de acordo com Ratti. E embora o preço não tenha sido definido, Ratti diz que quer vender o cartucho recarregável com o mesmo preço de outras canetas. Apesar de toda a conversa sobre uma economia circular no espaço do design, uma das ferramentas mais básicas da indústria – a humilde caneta – foi esquecida. Este redesenho é um passo para consertar isso.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebookou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada







arrow