Está na hora de trocar seu colchão? Descubra como descartá-lo da melhor maneira! -

Está na hora de trocar seu colchão? Descubra como descartá-lo da melhor maneira!

Como saber a hora de trocar de colchão e como descartá-lo. Foto: Pixabay/ Pexels

Está na hora de trocar seu colchão? Veja como descartá-lo, de acordo com especialistas em sono. Recicle a peça sempre que possível – ela pode ter um novo ciclo de vida.

Em média, os colchões duram entre seis e oito anos. De acordo com Brooke Alexander, especialista em sono da Nest Bedding, dos Estados Unidos, há alguns sinais de que talvez seja hora trocar o seu.

Como saber a hora de trocar de colchão e como descartá-lo. Foto: Pixabay/ Pexels
Como saber a hora de trocar de colchão e como descartá-lo. Foto: Pixabay/ Pexels

Tudo, desde manchas a tecidos rasgados, são sinais indicadores de que seu colchão já viu dias melhores. “Naturalmente, seu colchão começará a mostrar sinais de desgaste ao longo do tempo”, diz ela. “Isso pode incluir flacidez, caroços e bolinhas que são sentidas ou vistas através do colchão”.

Veja também:

Outros sinais de um colchão velho incluem molas excessivamente barulhentas (o que pode significar que estão enfraquecendo) e agravamento de alergias (isso acontece quando a poeira se acumula no material).

“Você deve considerar substituir seu colchão se ele começar a parecer desconfortável ou causar dor ao acordar de manhã”, acrescenta Nicole Slinger, uma treinadora certificada de saúde e ciência do sono. “O colchão certo será de apoio o suficiente para manter as costas alinhadas e macio o suficiente para contornar os pontos de pressão do seu corpo.”

Então, quando você sabe que seu colchão precisa ser trocado, o que você deve fazer com o antigo? Aqui, encontre três maneiras aprovadas por especialistas de descartá-lo.

Recicle seu colchão

Separe seu colchão reciclando-o sempre que possível, pois esses móveis grandes geralmente levam a resíduos desnecessários. “Eles geralmente são compostos de espuma, que é um material à base de petróleo e produtos químicos, e normalmente são envoltos em um tecido plástico, como microfibra ou poliéster”, diz Alexander. Como resultado, quando são despejados em aterros, não se decompõem. Acesse a internet e verifique se algum programa de reciclagem. (Algumas localidades oferecem serviços de coleta, gratuitamente.)

Doe seu colchão

“Você pode doar seu colchão para locais de segunda mão, como o Exército da Salvação ou para uma instituição de caridade local em sua região, se o colchão estiver em boas condições”, diz Alexander. “Por fim, se essas opções não estiverem disponíveis para você, você sempre pode dar um ciclo gratuito do seu colchão para alguém onlin”. Ao seguir essas rotas, você pode evitar o envio de seu colchão para um aterro sanitário.

Use um serviço online

Verifique online no site do fabricante do seu colchão; muitos varejistas oferecem serviços de descarte de colchões. Além disso, algumas organizações usam o material do colchão para criar novos estofados de móveis e almofadas; busque a melhor solução na sua região e reponsabilize-se pelo seu descarte.

Veja também:

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site www.decorstyle.ig.com.br






arrow