Fábrica de cimento na China é transformada em casa de chá e centro zen. Veja décor minimalista! -

Fábrica de cimento na China é transformada em casa de chá e centro zen. Veja décor minimalista!

Silos da fábrica de cimento são transformados em centro zen na China. Fotos: 1988 Photography Studio

Esta fábrica de cimento de Xiamen transformada em casa de chá é a melhor experiência zen. Buduo Teahouse, de Wanmu Shazi, é uma transformação radical de silos abandonados.

O designer Wanmu Shazi transformou uma fábrica de cimento abandonada em Xiamen (China) na Buduo Teahouse – um centro de meditação e oficina de marcenaria que exala serenidade e calma aos criativos visitantes.

Silos da fábrica de cimento são transformados em centro zen na China. Fotos: 1988 Photography Studio
Silos da fábrica de cimento são transformados em centro zen na China. Fotos: 1988 Photography Studio

Shazi encontrou o local abandonado enquanto procurava um novo estúdio para sua prática de marcenaria. Ele foi atraído por sua localização na vila Nanshan de Xiamen, que é cercada por colinas e terras agrícolas e pela forma distinta do próprio edifício, que se destaca na paisagem.

Veja também:

Como parte de sua radical reutilização adaptativa do local, o designer transformou seus seis cilindros de concreto em uma casa de chá, estúdio, espaço de exposição e casa, adotando uma filosofia estritamente minimalista para seus interiores. “O espaço às vezes é como as pessoas”, diz Shazi sobre sua abordagem despojada. ‘Com uma boa figura, tez e temperamento, não há necessidade de muita decoração.’

A forma circular dos silos é enfatizada com paredes recém-rebocadas e caiadas de branco e móveis extremamente esparsos – incluindo, em uma sala, uma estátua de Buda Trump empoleirada em uma longa mesa.

Veja também:

No saguão do Buduo, uma árvore fica em um vaso coberto de musgo sob uma clarabóia, enquanto a natureza é trazida para outras salas por galhos únicos mantidos em vasos esféricos. A forma dramática do edifício se destaca no espaço da casa de chá, onde os hóspedes se sentam sob o óculo de um cilindro de 15 metros de altura.

Além de abrigar o trabalho de Shazi, Buduo está aberto para outros designers e artistas visitarem e se hospedarem, e o local abriga um estúdio de pilates amorfo e um centro de bem-estar que o arquiteto concluiu anteriormente.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br






arrow