Guia rápido e completo: características e vantagens de um loft -

Guia rápido e completo: características e vantagens de um loft

Estilo industrial, tijolinhos aparentes, cimento queimado. Essas são algumas características de um loft, que podem ser vistas nesse projeto do Lene Arquitetos. Foto: Luciano Sessa

Para quem busca um estilo de morar bastante urbano e prático, o loft se mostra como a melhor escolha. Sem barreiras, com pé-direito alto e cheios de estilo, ele conquistou o coração de diversas pessoas e se tornou uma tendência da atualidade.

“A história desse estilo de morar remete aos Estados Unidos na década de 60 e 70. Com a expansão industrial, os espaços de armazenamentos que eram em regiões centrais foram transferidos para outros locais e os muitos galpões que eram utilizados com essas finalidades ficaram ociosos e abandonados, até que foram revitalizados e transformados em edifícios residenciais”, explicam as arquitetas Eduarda Negretti e Nathalia Lena, à frente do escritório Lene Arquitetos.

Estilo industrial, tijolinhos aparentes, cimento queimado. Essas são algumas características de um loft, que podem ser vistas nesse projeto do Lene Arquitetos. Foto: Luciano Sessa
Estilo industrial, tijolinhos aparentes, cimento queimado. Essas são algumas características de um loft, que podem ser vistas nesse projeto do Lene Arquitetos. Foto: Luciano Sessa

De lá para cá, esse tipo de apartamento ganhou o mundo e conta com diversas características que fazem do loft facilmente reconhecível.

Características e vantagens do loft
O tijolinho aparente e cimento queimado são uma marca registrada dos lofts e aparecem com força nos projetos do Lene Arquitetos. Fotos: Luciano Sessa

Segundo Eduarda e Nathalia, muito do estilo do loft ainda remete à sua origem industrial. “Destaque para o pé-direito bem alto, ambientes integrados sem muita divisão com paredes, grandes aberturas de janelas e portas, assim como elementos metálicos, piso em cimento, infraestrutura de elétrica e hidráulica aparentes e, claro, as amadas paredes de tijolinhos”, elencam.

Veja também:

Além da estética bastante marcante, eles costumam estar localizados em regiões centrais e urbanas, permitindo um acesso fácil a todo tipo de comércio, serviços e trabalhos. “Essa é uma das grandes vantagens para quem opta por morar em lofts, sua localização facilita a logística do dia a dia, possibilitando que se tenha acesso a tudo o que é necessário sem a necessidade de um carro”, destacam as profissionais do Lene Arquitetos.

Ainda assim, Eduarda Negretti e Nathalia Lena afirmam que a vida em um loft não é para todos. “Eles são perfeitos para o público jovem, solteiros ou casais. Isso porque normalmente os lofts são espaços com a metragem quadrada reduzida, contando com apenas um quarto”, explicam. Para uma família maior, a partir de três pessoas, um loft acaba ficando desconfortável e ainda pode comprometer a privacidade de cada um.

Dicas essenciais

A integração de ambientes é uma das grandes marcas de um loft e, apesar de muito bem vinda, ela pede por um cuidado com organização e setorização de ambientes.

“Pensar no loft como um espaço totalmente integrado faz com que a escolha por um bom projeto de marcenaria seja a melhor opção. Com isso você consegue ganhar espaços de armazenamento mais inteligentes e personalizados”, indicam as arquitetas.

Veja também:

Com um mobiliário bem escolhido, é possível setorizar os espaços sem fazer uso de paredes. “Se a marcenaria não for uma opção, opte por mobiliários menos robustos e que tenham espaços de armazenamento, como bancos e camas com baú”, complementam.

Outros itens como tapetes são ótimos para delimitar os espaços, assim como a própria disposição do mobiliário, que pode criar pequenos ambientes dentro do espaço integrado. “Espelhos são aliados para trazer a sensação de amplitude, e as cortinas, biombos ou até cobogós podem fazer uma divisão dos espaços”, finalizam.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br






arrow