Japandi é o movimento do design que combina duas estéticas minimalistas, infundindo o princípio japonês do wabi sabi com a tendência da decoração escandinava para móveis elegantes, mas confortáveis.

É esparso sem parecer austero, brilhante sem ser brando. O Pinterest viu as pesquisas por “Japandi” subirem 100 por cento ano após ano, levando o site a considerá-lo “o novo moderno” em seu relatório de previsões para 2021.

Veja também:

“Japandi nos ensina a encontrar beleza na imperfeição, formar conexões profundas com a terra / natureza e desfrutar dos prazeres simples da vida”, explica Shanty Wijaya, da Allprace Properties. Ele “criou um espaço pacífico e calmo de que precisávamos desesperadamente”.

Então, como você consegue essa sensação zen em sua própria casa? Aqui estão nossas lições:

1. MANTENHA SUA PALETA TERRA E SÓBRIA

Parte do que torna o Japandi tão atraente é como você pode criar um espaço luminoso e tranquilo. O segredo para conseguir essa mistura está em focar em tons terrosos e suaves, como Wijaya fez. Pense em acabamentos foscos e um esquema de cores claras que se inclina para tons mais cremosos do que neutros. (Por falar nisso, o Pinterest registrou três vezes mais pesquisas por “paleta de cores neutras tons de terra” no ano passado.)

2. DECORE TENDO A SUSTENTABILIDADE EM MENTE

“Siga o princípio de wabi sabi e abrace a imperfeição reaproveitando seus móveis”, diz Wijaya. Sustentabilidade é um grande componente do design Japandi – junto com conforto, simplicidade e incorporação de elementos naturais – então, se você comprar uma nova decoração, Wijaya sugere a busca por itens vintage ou peças feitas à mão que incorporem materiais ecológicos. (Em sua própria casa, por exemplo, ela usou madeira Accoya de origem sustentável e resistente ao apodrecimento para o exterior e carvalho francês reciclado para as bancadas da cozinha.)

FOTOS: JENNA PEFFLEY/DESIGN: SHANTY WIJAYA/STAGING: A 1000X BETTER
3. ESQUEÇA AS CORTINAS

Se você estava procurando uma desculpa para economizar dinheiro em tratamentos de janela personalizados, esta é sua chance. Para obter o visual iluminado e arejado tão frequentemente associado ao estilo Japandi, você deve deixar entrar o máximo de luz natural possível. Ignore as cortinas se puder, mas se você não aguentar tanta luz pela manhã ou à noite – ou se você apenas precisa de um pouco de privacidade – opte por cortinas romanas ou persianas em tons neutros.

4. CONECTE O INTERIOR COM O EXTERIOR

Isso pode ser tão simples quanto adicionar plantas em vasos penduradas em vários cômodos da casa. Criar um lounge ao ar livre, uma área para refeições ao ar livre ou um espaço para meditação é outra opção. E se você está fazendo uma remodelação completa, pode assumir instalar uma porta-balcão de correr que pode abrir sua sala de estar para o seu quintal.

5. ESCOLHA MATERIAIS QUE DESGASTEM COM O TEMPO

Um pouco de desgaste adiciona personalidade e charme a uma sala, diz Wijaya, e está de acordo com os princípios Japandi. Para tal, trabalhe em pedra natural e madeira. Carvalho branco, pinho e outras madeiras leves são particularmente populares com esta estética, mas isso não significa que elas devam ser todas do mesmo tom. Na verdade, Wijaya recomenda o contrário: “Para criar profundidade e interesse ao incorporar o design Japandi, use diferentes madeiras coloridas e tingidas.”

6. ESCOLHA MÓVEIS DISCRETOS

“Crie um oásis zen em sua casa, escolhendo peças de mobiliário simples e discretas”, diz Wijaya. “Por exemplo, em um dos quartos, usamos uma cabeceira simples em meia-lua e escolhemos uma estrutura de cama de madeira escura manchada para a suíte”. Isso cria uma sensação mais fundamentada e também muda seu foco para as vistas das janelas de cada cômodo, conectando-o ainda mais ao ar livre. (Sem mencionar que pode fazer os tetos parecerem mais altos, aumentando a vibe arejada e aberta.)

Veja também:

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br