The Long Grass House, a casa de madeira, na Nova Zelândia, do arquiteto Rafe Maclean, ganhou um prêmio de pequeno projeto do Instituto de Arquitetos da Nova Zelândia.

Sobre a casa de madeira, explicou o juri “Há um sentido de diversão neste design que vai de fora para dentro; evoca a sensação de estar de férias numa casa ocupada todo o ano. Os interiores são envolventes, com um volume agradável de espaço, luz natural e calor material.”

O uso de compensado barato no interior e revestimento de aço no exterior, traz essa sensação de calor envolvente.

Leia também

A imagem acima é a vista desde a cozinha até a sala.

O júri explicou a sua escolha: “A abordagem do design tem sido positivamente redutiva, questionando o que é realmente necessário para produzir o que é suficiente. É claro que cliente e arquiteto, tornaram-se uma equipe complementar, trabalhando juntos no projeto e na construção.”

No Bowerbird, o arquiteto descreve como “uma clarabóia panorâmica corre perto do comprimento do edifício e se conecta a uma janela vertical.” É possível ver na foto da cozinha acima. É o único detalhe realmente chique da casa, que foi projetado com “detalhes econômicos com decoração colorida e formas geométricas simples”.

Supõe-se que as extremidades anguladas parecem estar inclinadas contra o vento predominante, mas é realmente um truque inteligente de economia de energia, criar saliências que protegem as janelas do sol. O arquiteto observa: “O formato da construção é compacto, apresentando um fator de forma baixo, e com sua compactação vem baixa demanda de energia. Cálculos de energia passiva da casa foram usados ​​para orientar as decisões de projeto – usando dados climáticos atuais e dados climáticos futuros previstos.”

Existem alguns ótimos exemplos de como usar materiais baratos e obter valor real deles, segundo o arquiteto.

“Cada material e superfície aqui são duráveis – algo que foi fundamental para todas as decisões de materiais, incluindo revestimento. Queríamos garantir que cada produto que especificamos resistisse ao teste do tempo neste ambiente hostil e fosse adequado para a família para viver com suas necessidades em mudança nos próximos anos.”

A casa provavelmente chamou muita atenção pelas partes inclinadas contra o vento, mas a verdadeira história desta casa é a simplicidade e economia dos materiais. Quase nada é mais barato ou mais durável do que o revestimento de aço para o exterior. Se você não gosta de utilizar drywall, não há nada mais barato do que madeira compensada. Nesse projeto há muito inspiração de materiais para usar por muito tempo.

Fonte: Treehugger

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br