Luz quente ou fria? Descubra como escolher a melhor iluminação para a sua casa -

Luz quente ou fria? Descubra como escolher a melhor iluminação para a sua casa

Como escolher a melhor iluminação para cada cômodo da casa. Foto: Divulgação/ Tramontina

Contar com a iluminação adequada é fundamental para o conforto dos olhos e para os diferentes ambientes da casa. Até o humor e a disposição física e mental podem ser afetados pela luz.

Diante de tanta variedade de iluminação disponível no mercado, o consumidor deve ficar atento ao escolher o melhor tipo de lâmpada, pois os termos relacionados a esse produto são diversos: eficiência luminosa, lumens, potência, temperatura de cor, LED, eletrônica, etc.

Como escolher a melhor iluminação para cada cômodo da casa. Foto: Divulgação/ Tramontina
Como escolher a melhor iluminação para cada cômodo da casa. Foto: Divulgação/ Tramontina
Eficiência luminosa

Um dos pontos a serem observados é o fluxo luminoso, que determina a eficiência da lâmpada, o quanto ela será capaz de iluminar um determinado espaço. Quanto mais lumens, maior a luminosidade. A tecnologia utilizada nos produtos está diretamente ligada à eficiência luminosa.

Veja também:

Para saber quantos lumens serão necessários para iluminar determinado ambiente, é necessário fazer um cálculo (estimado) simples. Por exemplo, um quarto com 12 m² precisa de uma lâmpada de 1200 lumens ou duas de 600 lumens [12 m2 x 100 lm/m2 = 1200 lm].

Temperatura de cor 

Faz toda a diferença no conforto visual e no rendimento físico e mental das pessoas. Identificada pela letra K, de Kelvin, compõe uma escala que vai da cor amarela, com cerca de 3000K, passa pelo tom esbranquiçado/neutro, em torno de 4000K; até a cor branca, por volta de 6500K. A cor amarela transmite a sensação de um ambiente mais quente e aconchegante. Já a mais branca é considerada mais fria e mais semelhante à luz do sol ao meio dia. 

As cores se relacionam com as sensações transmitidas pela luz. Por isso, em escritórios, consultórios, hospitais, indústrias, locais de estudo, banheiros, cozinhas e áreas de serviços, as lâmpadas que emitem luz branca são as mais indicadas.

Em quartos, salas de estar, de jantar e de TV, locais de descanso e de relaxamento utilizam, em geral, luz amarela. Em decoração, as luzes quentes ou frias podem até ser combinadas, dependendo da intenção.

Tecnologia LED

Entre as diferentes tecnologias, as mais utilizadas no momento são as lâmpadas de LED. Mais econômicas – mais luz por watt consumido – e duráveis, elas são indicadas para todas as aplicações, pois oferecem baixa emissão de calor ao ambiente e estão disponíveis em diferentes temperaturas de cor e em diversos modelos. Além disso, podem ser recicladas, pois não apresentam materiais tóxicos, não emitem radiação infravermelha e ultravioleta.

Assim como diversos projetos, todo plano luminotécnico deve ser corretamente dimensionado e realizado por profissional habilitado.

Veja também:

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br






arrow