Marca cria couro ecológico feito a partir de folhas de cacto. Conheça a Desserto! -

Marca cria couro ecológico feito a partir de folhas de cacto. Conheça a Desserto!

Marca lança couro feito a partir de cacto. Fotos: Divulgação/Desserto

Esta marca cria couro usando folhas de cacto. A Desserto, uma empresa mexicana, produz couro feito de cacto que é ecológico, livre de crueldade animal/ambiental e dura até 10 anos.

Se há uma coisa que a pandemia COVID-19 nos ensinou é que os humanos precisam ser mais conscientes das escolhas que fazem e refletir sobre como suas ações impactam o meio ambiente e a Mãe Terra.

Marca lança couro feito a partir de cacto. Fotos: Divulgação/Desserto
Marca lança couro feito a partir de cacto. Fotos: Divulgação/Desserto

Por isso, apresentamos a você uma empresa que está fazendo a sua parte para se manter sustentável e criar produtos com o mínimo de impacto na natureza. Desserto, uma marca mexicana, cria couro vegano e sustentável usando cacto como matéria-prima. O cérebro por trás da marca, Adrián López Velarde, vice-presidente da Desserto, contou para a Architectural Digest como ele teve essa ideia com sua co-fundadora Marte Cázarez.

A inspiração
Os fundadores da Desserto, Adrian Lopez Velarde e Marte Cesarez

Velarde e Cázarez, que trabalharam extensivamente nas indústrias de moda, automotiva e de móveis, frequentemente se perguntavam por que alternativas ecológicas raramente eram incorporadas às grandes linhas de produção. “Descobrimos que o principal motivo era a falta de desempenho técnico desses materiais. Então, decidimos mergulhar em nossa própria pesquisa e desenvolvimento para criar o primeiro couro vegano de cacto do mundo (Desserto), com o objetivo de ser resistente, durável e versátil, além de ser altamente sustentável”, diz ele. A dupla selecionou o cacto como matéria-prima para criar o couro, visto que é amplamente cultivado no México, é resistente e eficiente. Também requer menos água e tem uma longa vida útil. “Queríamos trabalhar com a natureza e não contra ela”, acrescenta.

O processo

Mas a jornada não foi tão fácil. A equipe de Desserto passou dois anos analisando várias espécies de cactos nativas do México e fazendo testes com muitas formulações diferentes para obter a correta. Eles agora têm um rancho em Zacatecas, México, onde cultivam cactos e os usam para criar couro vegano a partir dele.

Veja também:

Explicando o processo em detalhes, Velarde diz: “No rancho, selecionamos e cortamos apenas as folhas maduras da planta sem danificar o próprio cacto, então a cada 6-8 meses temos uma nova colheita. Depois de cortar as folhas maduras, elas são secas ao sol por três dias até atingirmos os níveis exatos de umidade que buscamos. Portanto, não há forno ou energia adicional usada (como gás) neste processo de secagem. Em seguida, processamos a matéria-prima orgânica para torná-la parte de nossa fórmula patenteada que nos permite fazer o couro vegano de cacto que chamamos de Desserto.”

Eles estão conscientes de fazer este couro da forma mais ecológica possível. Por exemplo, eles não usam um sistema de irrigação no rancho – o cacto cresce usando a água da chuva e os minerais da terra. Nenhum herbicida ou pesticida é pulverizado sobre o cacto, tornando-o totalmente orgânico. E, quando têm cactos em excesso, exportam e vendem nacionalmente para a indústria alimentícia, pois é muito seguro. Ele diz: “O cacto selecionado é muito resistente e forte – ele pode lidar com baixas temperaturas durante o inverno sem morrer, e seus espinhos são muito pequenos, então é mais fácil e seguro para nossa equipe de agricultura colhê-lo.”

Fazendo uma marca

O Desserto foi lançado em Milão em outubro de 2019 e, desde então, a resposta global tem sido positiva e encorajadora. Não apenas eles ganharam vários prêmios e reconhecimentos por sua criação, o cacto também foi aprovado pela PETA.

O Desserto é produzido como uma matéria-prima que diferentes marcas da indústria de moda, móveis e automotiva podem adquirir para fazer produtos como bolsas, sapatos, sofás, poltronas, etc. “Temos conseguido uma tração contínua colaborando com grandes empresas e designers de verdade, são projetos incríveis com o objetivo comum de reduzir a pegada ambiental e, ao mesmo tempo, oferecer produtos de qualidade. Estamos convencidos de que, colaborando com marcas, podemos ter um impacto positivo maior”, diz Velarde.

Veja também:

O couro vegano feito de cacto está fazendo uma diferença positiva ao substituir um produto de origem animal por uma alternativa de base vegetal que é ecologicamente correta, orgânica, reciclável, biodegradável e livre de produtos químicos tóxicos. Ele também usa consideravelmente menos água do que o couro animal e dura até 10 anos, o que o torna um produto sustentável e livre de crueldade, que é o que a dupla se propôs a fazer.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site www.decorstyle.ig.com.br






arrow