Melhor arranha-céu do mundo: prêmio anual revela os vencedores com altura mínima de 100 metros. Confira a lista! -

Melhor arranha-céu do mundo: prêmio anual revela os vencedores com altura mínima de 100 metros. Confira a lista!

One Barangaroo, em Sidney, na Austrália, ficou em primeiro lugar no prêmio de melhor arranha-céu do mundo. Foto: Divulgação/ Crown Residences Sidney

O edifício One Barangaroo de Sydney é o melhor arranha-céu do mundo, de acordo com o Emporis Awards. Projetado pela empresa britânica WilkinsonEyre, a torre oferece uma vista deslumbrante do Porto de Sydney e da Ópera.

Como parte do prêmio Emporis Skyscraper Awards anual, uma lista dos dez maiores arranha-céus do mundo foi anunciada, e One Barangaroo ficou com o primeiro lugar.

One Barangaroo, em Sidney, na Austrália, ficou em primeiro lugar no prêmio de melhor arranha-céu do mundo. Foto: Divulgação/ Crown Residences Sidney
One Barangaroo, em Sidney, na Austrália, ficou em primeiro lugar no prêmio de melhor arranha-céu do mundo. Foto: Divulgação/ Crown Residences Sidney

Um júri internacional de especialistas em arquitetura selecionou os vencedores de 300 arranha-céus concluídos em 2020 com uma altura mínima de 100 metros. Esta é a primeira vez, em mais de 20 anos desde que o primeiro prêmio foi concedido, que o prêmio foi ganho por um edifício australiano.

Veja também:

Projetado por WilkinsonEyre, o arranha-céu de 270 metros de altura e 71 andares é o edifício mais alto de Sydney e oferece uma vista de 360 ​​graus do Sydney Harbour e da Opera House. “De acordo com o júri, o design extravagante da fachada externa de One Barangaroo foi o fator decisivo para a construção do primeiro lugar. É inspirado em formas naturais e lembra três pétalas subindo levemente retorcidas para o céu”.

Veja também:

Os outros dez vencedores do prêmio são consecutivamente:

  • TELUS Sky, em Calgary (Canadá), da BIG and Dialog;
  • One Vanderbilt em Nova York por Kohn Pedersen Fox Associates;
  • Libeskind Tower of City Life em Milão, de Daniel Libeskind;
  • Qiantan Center in Shanghai, também por Kohn Pedersen Fox Associates em colaboração com Tongji Architectural Design;
  • Tour Alto em Courbevoie (França) pela IF e SRA Architectes;
  • Australia 108 em Melbourne, por Fender Katsalidis Architects;
  • Central Park Tower, em Nova York, por Adrian Smith + Gordon Gill Architecture e Adamson Associates;
  • 110 North Wacker Drive, em Chicago, pela Goettsch Partners;
  • Grand Tower em Frankfurt am Main, de Magnus Kaminiarz e Cie. Architektur.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada







arrow