As melhores plantas para fazer um jardim na varanda -

As melhores plantas para fazer um jardim na varanda

As principais dicas – e precauções – para o cultivo de um jardim na varanda. Você pode não ter um quintal, ou mesmo um terraço. Mas, se você está interessado nessas dicas, é provável que tenha uma varanda e algum amor pelas plantas.

Veja também:

Comprometer-se a cultivar um jardim – ou mesmo uma planta ou duas – pode ser um processo assustador e é fácil sentir-se derrotado antes mesmo de começar. Mas cultivar plantas em circunstâncias “não ideais” é muito mais fácil do que você imagina.

Imagens: Reprodução

Leia sobre as melhores plantas de varanda para comprar e como cultivá-las da maneira certa.

1 Fatores a considerar antes de cultivar plantas de varanda

Faça algumas perguntas antes de se comprometer com um jardim na varanda ou comprar plantas.

Quão grande é minha varanda?

Se você tem uma espaçosa varanda, uma pequena varanda ou mesmo um pequeno hall de entrada, você tem a capacidade de cultivar plantas no exterior de casa.

Lobelia é ótima para pequenos espaços; buchinho requer um espaço médio; e pinheiro fica muito bem em espaços maiores

Quanto tempo eu tenho para cuidado e manutenção de minhas plantas?

Embora as plantas possam precisar de pouca manutenção, você deve escolher uma variedade que realmente convenha com sua disponibilidade de atenção e cuidado.

Cravo-amarelo não exige muito cuidado; samambaia Staghorn Fern exige um pouco mais; e fícus-lira exige bastante cuidado

Como é meu ambiente ao ar livre?
SOL

O calor e o sol secarão suas plantas muito mais rápido no exterior do que em ambientes fechados. É aconselhável verificar suas plantas diariamente! Se você perder uma rega dentro de casa, sua planta pode se recuperar. Mas se você perder uma rega ao ar livre, pode ser o fim.

Veja também:

Muitas varandas são construídas de tijolo ou concreto, as quais absorvem e irradiam muito bem o calor. Se a sua varanda for feita de qualquer um desses materiais, tome cuidado com suas plantas em dias quentes e ensolarados. Se você não tomar cuidado, sua planta pode ficar queimada.

Brinco de princesa não gosta de muita luz; begônia gosta médio; e petúnia gosta muito de luz

CHUVA

Além de verificar suas plantas diariamente (ou quase diariamente), escolha os recipientes com sabedoria para garantir que sua planta não se afogue no caso de chuva excessiva. Vai chover em algum momento, especialmente durante o verão. Isso pode significar problemas para plantas domésticas em recipientes sem orifícios de drenagem.

TEMPERATURA

Se seu clima geralmente é o mesmo durante todo o ano, não há muitos ajustes necessários para manter suas plantas de varanda vivas. À medida que o tempo esquenta, fica mais ensolarado/seco, suas plantas precisam de mais água; à medida que o tempo fica mais frio/mais escuro/mais úmido, suas plantas precisam de menos água.

Quanto às pessoas que vivem em climas que experimentam um verdadeiro inverno, quando o tempo frio chegar, você terá que levar suas plantas para dentro de casa. Quando você traz suas plantas para dentro, elas recebem muito menos luz. Eles já estão um pouco preparados para a falta de luz que vem com a estação adormecida, mas será ainda mais acentuada porque eles tiveram luz externa durante todo o verão. Menos luz significa menos comida – o que significa que sua planta terá dificuldades para suportar todo o novo crescimento desde o verão lá fora.

VENTO

Um dos maiores desafios de uma varanda é o vento, pois ele pode não só pode derrubar vasos e plantas, mas também pode quebrar os caules ou folhas de plantas mais frágeis e imaturas. É algo que as nossas plantas domésticas raramente precisam enfrentar (além do ar condicionado ou do sistema de aquecimento). O vento também pode secar ou resfriar suas plantas, por isso é importante que você as verifique para garantir que elas estejam adequadamente regadas e não muito frias.

2 Que tipo de recipiente devo escolher?

Quando se trata de escolher um vaso, escolha os que resistam às intempéries – como chuva, neve e vento – se você planeja mantê-los ao ar livre o ano todo. Dê preferência a recipientes resistentes, como terracota ou grés, em vez de plástico; esses materiais geralmente são mais pesados ​​e terão melhor estabilidade em dias de vento.

DICAS E TRUQUES GERAIS

A sombra mais escura ao ar livre ainda é mais iluminada do que só receber luz através de uma janela em ambientes fechados. Se você estiver mudando suas plantas de dentro para a varanda, tenha cuidado porque elas vão absorver muito mais luz solar.

Estude a luz do sol na sua casa! Que direção a sua varanda enfrenta e quanta luz solar recebe?

Mantenha tudo em vasos para facilitar as mudanças sazonais.

Agrupe recipientes para tornar o dia de rega mais eficiente. Durante os dias quentes e ensolarados de verão algumas plantas podem precisar ser regadas diariamente!

Não tenha medo de testar ervas e vegetais em crescimento, que tendem a se sair melhor quando cultivados ao ar livre. Faça as pazes com qualquer “vida selvagem” – você está no espaço deles!

Veja também:

Veja também

+ Mudaram as regras para compra de carro para PCD; veja como ficou

+ Carol Nakamura compartilha projeto de sua mansão de R$ 2 milhões; veja

+ 20 passos simples para dar uma cara nova para sua casa

+ Você acha Gracyanne Barbosa sarada? É quer nunca viu a médica Chinesa Yuan Herong

+ Relógio de R$ 3 milhões de Faustão é inspirado em supercarro da Bugatti; veja

+ Dicas fáceis de como limpar panela queimada

+ Enio Mainardi, publicitário e pai de Diogo Mainardi, morre de covid-19

+ Quarto feminino: 6 dicas que você precisa saber antes de planejar o seu

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo




arrow