Mesa de centro: como escolher a peça ideal para a sua casa, de acordo com uma expert! -

Mesa de centro: como escolher a peça ideal para a sua casa, de acordo com uma expert!

Em alguns momentos ela pode até passar desapercebida, mas na sala de estar, a mesa de centro sempre consegue expressar a sua essencialidade.

Na composição do décor, a mesa de centro atua como apoio para as atividades que acontecem no ambiente e organiza os objetos para decoração. “O mais interessante é que não precisamos estar presos a padrões. A mistura de materiais, formatos e tamanhos nos permitem combinações únicas para os projetos”, revela a arquiteta Cristiane Schiavoni.

Muitas vezes, uma sala de estar pequena não dispõe de espaço para uma mesa tradicional e que ficará fixa na parte central do espaço. Por isso, entram em cena outras peças que não necessariamente serão complementadas por objetos decorativos, mas que contribuem como suporte e como assentos extras quando os moradores recebem convidados em casa | Foto: Carlos Piratininga

Entretanto, para a escolha da mesa de centro é necessário estar atento a diversas questões funcionais que envolvem o entorno do objeto. Muitas vezes, ela é ideal para apoiar itens como um copo e uma bandeja com aperitivos, mas não necessariamente o móvel precisa atuar como atração principal. “O mais bacana é que hoje em dia não precisamos dispor necessariamente de uma mesa. No centro do living, um banco ou um pufe pode exercer muitíssimo bem a função”, discorre a profissional.

Ambientes com mesa de centro

No living, a mesa com estrutura metálica dourada e tampo de vidro na cor preta segue a sobriedade do amadeirado que reveste as paredes do painel vazado e da cortina. A linhas retas são um contraponto ao formato diferenciado do sofá e ao desenho colorido do tapete | Foto: Carlos Piratininga

Em vias de regra, a mesa é inserida em uma posição central que agrega elementos como sofá e poltrona. Entretanto, a arquiteta é enfática em afirmar que não há uma regra que determina sua presença apenas na sala de estar. Pelo contrário! Para a proposta de receber visitas, a peça pode estar presente em uma varanda, em uma sala de lareira ou até mesmo ao lado da piscina. Para tanto, o olhar do profissional de arquitetura avaliará o melhor material e estilo para os cômodos onde a mesa participará da decoração.

Mesa de centro na varanda: com atmosfera de sala de estar, a elegante mesa de centro de madeira, ornamentada com peças rústicas e orquídeas, integram a alegria de vivenciar a luz natural e a paisagem externa | Foto: Raul Fonseca

Características na decoração

Neste projeto, o mix das mesas – uma peça de vidro e uma banqueta redonda, – foi realizada pensando nas crianças da casa. Com vistas para a segurança, nada de extremidades pontiagudas que possam causar possíveis acidentes| Foto: Carlos Piratininga

Conforme Cristiane enfatizou anteriormente, a função da mesa de centro não é apenas a de adornar como uma peça mandatória que não pode deixar de estar presente. Mas quando eleita, a peça é multifuncional por poder sustentar uma sorte de itens decorativos, bem como para apoiar o livro do morador ou bandejas com alimentos. “Ela é eficaz na rotina do dia a dia, atendendo às necessidades da casa, como também dos convidados recepcionados”, acrescenta.

Veja também:

Para escolher o estilo da mesa de centro, deve-se levar em consideração a proposta definida na arquitetura de interiores. A equação não é complicada: para um ambiente mais clássico, o caminho é eleger uma peça que caminhe na mesma coerência dos demais elementos. No contraponto, um décor moderno e contemporâneo permite ousar e trazer uma mesa diferente.

A unidade se faz presente no projeto desse estar: retangular, a mesa de centro acompanha os tons predominantes com sua base no amadeirado mais escuro e o tampo branco, que conversa com o painel da TV e o rack. Com a amplitude da peça, Cristiane dispôs os objetos decorativos, ao mesmo tempo que ainda sobra espaço para apoiar bandejas e copos | Foto: Carlos Piratininga

Cena contemporânea: nesse amplo living, a mescla de duas peças: de madeira, a mesa oval tem a sua estrutura metálica que acompanha o mesmo tom. A outra – de madeira inteiriça que nos remete ao formato de um ‘balde’ é prática e eficaz –, já que sua alça permite levar de um lado para o outro, atendendo às demandas dos moradores | Foto: Carlos Piratininga

Materiais

Mesas de centro com estrutura e tampo de vidro em projeto assinado pela arquiteta Cristiane Schiavoni | Foto: Carlos Piratininga

Além da madeira, o vidro também é um clássico nas mesas de centro. Discretas e elegantes, se tornam a base para que os objetos decorativos sejam a atração do ambiente. Sua transparência evoca justamente a possibilidade da peça ‘conversar’ ainda mais com os demais elementos que integram a decoração da sala.

Entretanto, na rotina da casa, a mesa de centro em vidro demanda alguns cuidados. Primeiramente, em função da delicadeza do material, demanda atenção, principalmente em casas com crianças. E como qualquer manchinha aparece, a limpeza diária mantém a sofisticação que ela concede ao décor.

Altura

A dimensão com relação a largura e profundidade precisa ser pensada de acordo com a circulação de onde será inserida. Para a profissional, essas medidas dependem muito da decoração do ambiente e da relação com outros móveis. “Nessa ideia de proporcionalidade, se os sofás e poltronas são mais altos, o bom senso nos leva a selecionar uma mesa de centro que acompanhe a altura e direcione a ergonomia. No entanto, em livings mais modernos, contemplados por peças mais baixas, faz sentido a mesa estar em concordância”, sugere.

Nesse estar, a discrição da mesa de centro acompanha a estatura projetada para o rack que acompanha a TV | Foto: Carlos Piratininga

Cores

Assim como qualquer outro mobiliário, é premissa que a cor eleita para a mesa de centro esteja em harmonia com o restante do ambiente. Para a arquiteta, depende de caso para caso, mas não necessariamente implica evocar uma combinação em um mesmo gradiente de tom ou material.

Cuidados no dia a dia

O mesmo zelo que um morador dedica em outros mobiliários deve acompanhar a mesa de centro. Um deles diz respeito à incidência do sol, que a depender da intensidade e do tempo de exposição, pode manchar o material. Além disso, ao colocar diretamente copos, taças e alimentos, o material pode ser danificado. “Em casa, sempre tenho suportes para um uso elegante e prático. Dessa forma, a mesa pode durar por muitos anos”, finaliza.

Veja também:

Foto de destaque: Projeto Cristiane Schiavoni/Foto: Carlos Piratininga

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site www.decorstyle.ig.com.br

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada







arrow