Novo estudo revela que passar 10 minutos com um cachorro ajuda a reduzir a dor -

Novo estudo revela que passar 10 minutos com um cachorro ajuda a reduzir a dor

Pesquisa revela que cahcorros ajudam a diminuir a nossa dor. Foto: Samson Katt/ Pexels

Um novo estudo revela que passar apenas 10 minutos com um cachorro pode ajudar a reduzir a dor. Os pesquisadores descobriram que os pacientes da sala de emergência do hospital relataram níveis mais baixos de dor e ansiedade depois de passar um tempo com um cão de terapia.

Existe algo melhor do que voltar para casa e ficar com seu cachorro depois de um dia difícil ou receber más notícias? Os animais de quatro patas são excelentes para curar nossas feridas emocionais, mas você sabia que os cães também podem ajudá-lo a superar doenças físicas? De acordo com um recente estudo publicado na revista PLOS, passar apenas 10 minutos com os peludos pode ajudar a reduzir a sensação.

Pesquisa revela que cahcorros ajudam a diminuir a nossa dor. Foto: Samson Katt/ Pexels
Pesquisa revela que cahcorros ajudam a diminuir a nossa dor. Foto: Samson Katt/ Pexels

Para confirmar a crença de longa data de que o carinho dos cachorros pode curar doenças, os pesquisadores pediram a mais de 200 pacientes na sala de emergência que relatassem seu nível de dor em uma escala de 1 a 10, sendo 10 a mais alta.

Veja também:

Os pacientes foram divididos em dois grupos – um grupo passou 10 minutos com um cão de terapia e classificou seus níveis de dor após a brincadeira, enquanto o outro não recebeu intervenção para a dor. “Há pesquisas que mostram que os animais de estimação são uma parte importante da nossa saúde de diferentes maneiras. Eles nos motivam, nos levantam, (nos dão) rotinas, o vínculo humano-animal“, disse à CNN a principal autora do estudo, Colleen Dell.

Os pesquisadores descobriram que os participantes do grupo da equipe de cães de terapia relataram dor significativamente menor após os 10 minutos de interação do que aqueles do grupo de controle que não receberam intervenção. Além disso, os pacientes foram solicitados a avaliar seus níveis de ansiedade, depressão e bem-estar ao concordar em participar do estudo.

Veja também:

Os resultados revelaram que o grupo controle teve uma proporção maior de participantes que não tiveram redução na ansiedade em comparação com o grupo da equipe de cães de terapia. Para depressão e bem-estar, a descoberta foi a mesma – os participantes que se encontraram com os cães de terapia relataram um aumento do bem-estar e redução da depressão.

Além de serem fofinhos, os pesquisadores acreditam que os cães de terapia podem aliviar a percepção da dor, servindo como uma distração dos sintomas relatados pelos pacientes, além de influenciar a percepção da intensidade da dor.

Os pesquisadores observaram que em um estudo diferente, envolvendo cães de terapia em planos de atendimento ao cliente após a cirurgia de substituição da articulação, melhorou os níveis de dor dos pacientes porque serviu como uma distração. Além disso, acredita-se que acariciar um animal libera hormônios benéficos que ajudam a diminuir os níveis de estresse.

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site www.decorstyle.ig.com.br






arrow