Foi-se o tempo em que o uso de materiais para os projetos de arquitetura de interiores eram muito semelhantes, padronizados e limitados. Com o surgimento do porcelanato, revestimento conhecido por sua alta resistência, durabilidade, baixa absorção de água, tamanhos diferenciados, inovadores e o amplo leque de acabamentos – que emulam efeitos de pedras naturais, como a diversidade das tipologias de mármores e granitos, entre outras, além dos amadeirados –, os profissionais da área conseguem alcançar suas propostas decorativas com todos os benefícios do produto em um verdadeiro ‘parece, mas não é’.

Cada vez mais ‘queridinho’ por unir estética e funcionalidade em um só produto, a arquiteta Cristiane Schiavoni afirma que os atributos do porcelanato vão muito além. “O porcelanato é multifacetado, pois consegue atender o projeto da forma como desejamos. Ele se configura tanto como revestimento de área interna e externa para pisos e paredes, como também para bancadas de cozinhas, áreas gourmet e banheiros”, afirma.