Cada vez mais adotado na arquitetura de interiores, o recurso conhecido como porta mimetizada se traduz em ‘disfarçar’ uma passagem e, com isso, deixar o ambiente com um visual mais atraente, colaborando, ainda, para a sensação de amplitude. Pode ser utilizada tanto em painéis, para dividir dois espaços, ou para dar continuidade em um móvel de marcenaria, por exemplo, seguindo o mesmo layout.

“A porta mimetizada traz mais elegância e sofisticação ao espaço. É um recurso que usamos com frequência e que os clientes têm solicitado, principalmente aqueles que são adeptos de um visual mais clean”, conta a arquiteta Camila Corradi, sócia do escritório Corradi Mello Arquitetura ao lado da designer de interiores Thatiana Mello. Porém, ao optar por ele, as profissionais frisam a importância do acabamento e da escolha de fornecedores experientes na área, segredos para alcançar um mimetismo perfeito. A seguir, confira as dicas que selecionamos: