Sala íntima: ambiente versátil voltou com tudo como tendência no décor -

Sala íntima: ambiente versátil voltou com tudo como tendência no décor

No projeto assinado pela arquiteta Camila Corradi e pela designer de interiores Thatiana Mello, sócias no Corradi Mello Arquitetura, a sala íntima está localizada entre as quatro suítes da residência. Além de funcionar como um espaço de descanso e leitura, também pode ser utilizada como uma sala de televisão | Foto: Evelyn Muller

Como o nome já nos indica, a sala íntima é uma ambientação localizada na área destinada aos dormitórios de uma casa, servindo como uma antessala.

Com a pandemia, a sala íntima – que estava esquecida nos projetos de arquitetura –, voltou a ser tendência e, além de se configurar como um espaço mais privativo para o descanso e leitura, pode acoplar um home office ou funcionar como sala de televisão, tornando-se, assim, um convite para o convívio familiar.

No projeto assinado pela arquiteta Camila Corradi e pela designer de interiores Thatiana Mello, sócias no Corradi Mello Arquitetura, a sala íntima está localizada entre as quatro suítes da residência. Além de funcionar como um espaço de descanso e leitura, também pode ser utilizada como uma sala de televisão | Foto: Evelyn Muller
No projeto assinado pela arquiteta Camila Corradi e pela designer de interiores Thatiana Mello, sócias no Corradi Mello Arquitetura, a sala íntima está localizada entre as quatro suítes da residência. Além de funcionar como um espaço de descanso e leitura, também pode ser utilizada como uma sala de televisão | Foto: Evelyn Muller

Antes de dar andamento em um projeto de sala íntima, é necessário avaliar quais são os hábitos da família e, junto a isso, analisar o espaço disponível. “Temos que observar se o cômodo vai funcionar melhor como sala de televisão ou home office, se será integrado ao living ou algo mais restrito”, explica a arquiteta Camila Corradi, que faz dupla com a designer de interiores Thatiana Mello no escritório Corradi Mello Arquitetura. “Porém, por mais que tenha voltado a ser tendência entre 2020 e 2021, não podemos considerar como um pedido frequente dos clientes. A maioria ainda prefere ambientes integrados, como um espaço para televisão e bancada para estudos e trabalho dentro do próprio quarto”, completa a arquiteta.

Quais são as funções de uma sala íntima?

Embora a principal função seja a coabitação familiar, a sala íntima, por ser extremamente versátil, pode ser utilizada de outras formas. Muito recomendada para residências com crianças e adolescentes, o cômodo pode funcionar como uma sala de televisão, onde os pequenos conseguem ter uma liberdade maior para ver um filme ou desenho.


A sala íntima desta casa, por estar localizada entre quatro suítes, recebeu toda a estrutura de uma sala de televisão: sofá aconchegante, pufe para apoiar os pés, tapete, frigobar e também um rack de madeira que dá espaço a TV | Foto: Evelyn Muller

“Devido ao atual momento, muitas pessoas também estão solicitando o ambiente com bancada para trabalho e estudos”, comenta a designer de interiores Thatiana Mello. Outros moradores preferem que seja somente um espaço de descanso, com poltronas confortáveis e luminárias direcionáveis com o intuito de desfrutar de um cantinho perfeito para a leitura.


Neste projeto, a dupla de profissionais instalou a sala íntima onde antes era um dos quartos do apartamento. Acoplada a suíte máster, foi pensada exclusivamente para o morador, que adora ler. O sofá aconchegante conta com um suporte de madeira para armazenar livros, revistas e jornais | Foto: Evelyn Muller

Como decorar?

Por estar situada ligeiramente distante das demais áreas sociais, a sala íntima pode e deve se adaptar às necessidades da família, o que também diz respeito à decoração. “Ao realizar o projeto de décor, devemos trazer – ainda mais –, a personalidade dos moradores, para que eles se sintam à vontade naquele espaço”, discorre Camila Corradi. E, para que isso aconteça, as profissionais costumam apostar em fotos, lembranças de viagens, objetos familiares e até mesmo móveis que já percorreram algumas gerações, por exemplo.

Veja também:

“Para esses casos, gostamos de investir em móveis de madeira natural, pois é um material que contribui para uma atmosfera acolhedora”, conta Thatiana. O emprego de tapetes confortáveis, mantas estendidas sobre o sofá ou armazenadas em cestos, e até mesmo de uma iluminação amena e pontual, são outros fatores que trazem para a sala íntima essa sensação de comodidade na convivência familiar.


Nessa sala íntima, as profissionais do Corradi Mello trabalharam com uma paleta de cores neutras. Um tapete que delimita a área da televisão e, ao lado do sofá, a mesinha lateral recebe os itens decorativos e o cesto de fibras naturais está pronto para manter as mantas sempre organizadas e prontinhas para o uso | Foto: Evelyn Muller

Veja também:

Fique por dentro de nossas notícias na página do DecorStyle no Facebook ou no nosso site  www.decorstyle.ig.com.br

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada







arrow