Sabemos da importância de ter a casa bem-preparada para receber um bichinho de estimação. Por isso, reunimos diversas orientações para se ter uma casa bem adaptada para os filhos de quatro patas – seja visando o conforto, a praticidade no dia a dia, o estilo do décor e, claro, a segurança.

Segundo Marina Salomão, reservar um espaço dedicado para a alimentação, descanso e necessidades dos animais de estimação é o primeiro passo ao pensar em uma casa adaptada. E vale até mesmo pensar em passagens, como aberturas nas portas, para favorecer o acesso do bichinho. “Ter lugares definidos facilita a rotina do pet. Se o local for a lavanderia, por exemplo, precisamos de um piso bom, que seja fácil de limpar”, opina.